Atacante do Peixe revelou ter passado por cirurgia nas últimas semanas. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Atacante do Peixe revelou ter passado por cirurgia nas últimas semanas. Foto: Ivan Storti/Santos FC

O atacante Marinho ainda se recupera de lesão e não entra há mais de um mês pelo Santos, mas ainda assim chamou a atenção na noite da última terça-feira (7). Após o clube publicar que o camisa 11 treinou em campo com os companheiros, o atacante foi ao Instagram desabafar, revelar que chegou a passar por uma cirurgia, e que houve erro médico em sua lesão.

“Cinco pontos na minha perna, terei que reformar a tatuagem. Abriram minha perna. Quando me perguntam na rua, eu tiro o curativo e mostro. Fui muito xingado nesse período, falaram que era migué”, disse Marinho em live na rede social com o jornalista Ademir Quintino.

“Sim, claro (foi um erro médico). E não me respaldaram, disseram que eu voltaria em 15 dias. Hoje voltei a treinar com o grupo, fiz uma parte do trabalho e tenho um ponto que não fechou ainda. Não tenho condição de jogar 90 minutos (contra o Bahia). A princípio, faço trabalho de passe, alguns trabalhos pra chutar. Daqui a pouco vou estar de boa”, completou.

Marinho ainda destacou seu desejo de ser negociado pelo Peixe. O atacante revelou que pediu ao presidente santista, Andrés Rueda, para ser vendido no final da temporada passada.

“Eu perguntei sobre isso, mas falaram que não tem condição de aumento ou plano de carreira. Não falaram nada e eu disse para pensarem se chegar algo de fora. ‘Me deixa respirar’. Sempre pedi um time que brigasse por título. Soteldo, Luan Peres, Veríssimo, Alison, Pituca… Vi todos saindo e eu não saio também? Mas agora a situação não está boa, então vou continuar. Cheguei pela porta da frente, na primeira divisão, e vou sair com o Santos na primeira divisão. Estou fechado até o fim do campeonato. E que o presidente pense a respeito disso. Não quero sair de graça, pela porta da frente, e respirar. Eu preciso. Eu continuo no Santos, até porque o presidente recusou todas as propostas. Falei para o presidente que estou feliz, mas tenho 31 anos e se for bom para o Santos… Hoje eu não posso falar que vou aposentar no Santos. Falei para o presidente que depois do Campeonato Brasileiro (2020) eu gostaria de almejar coisas para a minha vida deixando a porta aberta. E hoje vejo um clima chato, como se eu tivesse feito muita m… aqui”, disse.

"Recebi proposta para ganhar muito dinheiro. Poderia colocar o clube na Justiça e não coloquei. Não é do meu caráter, respeito o clube. Não fiz e nem farei. Mas ficamos cinco meses sem receber. Nunca vou expor a instituição porque isso é chato. Eu não exponho o Santos aqui, mas sim uma situação. Eu precisava ter respaldo e não tive", declarou o camisa 11, que tem contrato com o Peixe até dezembro de 2022.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa