Diário Olé destacou o tempo de descanso e os jogadores recuperados no Peixe. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Diário Olé destacou o tempo de descanso e os jogadores recuperados no Peixe. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Se para muitos o Santos vem surpreendendo na Libertadores e chega como azarão diante do Boca Juniors para a disputa das semifinais da competição continental, para o tradicional jornal argentino Olé o Peixe é favorito para o duelo contra o time de La Bombonera.

Em análise sobre Alvinegro da Vila Belmiro, o jornal argentino destacou as vantagens santistas para o confronto e destacou dois pontos fundamentais para colocar o time brasileiro em vantagem.

O primeiro aspecto destacado pelo Olé é o tempo de descanso que o Santos tem em relação ao Boca. Enquanto o clube xeneize entrou em campo no último sábado (2) para enfrentar o River Plate no clássico do campeonato argentino, num jogo de muita intensidade que terminou em 2 a 2, o Santos entrou em campo pela última vez no dia 27 de dezembro, quando empatou com o Ceará por 1 a 1 no Vila Belmiro. Com isso, o Peixe chegará para o duelo em La Bombonera na próxima quarta-feira (6) com dez dias de descanso.

Outro ponto destacado pelo jornal argentino é a tranquilidade do técnico Cuca para montar a equipe que vai a campo contra o Boca. O Olé destaca a recuperação de peças importantes santistas que voltam de lesão, como o volante Jobson e os laterais Pará e Madson. No lado argentino, a publicação lembra que o técnico Miguel Angel Russo recebeu péssimas notícias após jogo contra o River, já que nomes importantes como Campuzano e Diego González devem ficar fora da partida. O Olé afirma que enquanto Cuca tem a equipe praticamente definida, Russo precisará quebrar a cabeça para montar o time titular que enfrentará o Peixe.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa