Atletas do Borussia Mönchengladbach mostraram solidariedade ao meio ao caos provocados pelo coronavírus. Foto: Facebook/Reprodução

Atletas do Borussia Mönchengladbach mostraram solidariedade ao meio ao caos provocados pelo coronavírus. Foto: Facebook/Reprodução

O elenco do Borussia Mönchengladbach deu um exemplo de conscientização e solidariedade em meio ao caos provocado pela pandemia do coronavírus. Os jogadores da equipe alemã decidiram abrir mão de salários por um período para que funcionários do clube possam receber no período de paralisação.

Com a suspensão do campeonato alemão, a renda dos clubes é abruptamente afetada. Com isso, o pagamento de salários de funcionários do Gladbach seria prejudicada. Desse, os jogadores decidiram abrir mão de parte dos seus salários para auxiliar o clube e garantir o emprego dos funcionários.

Diretor esportivo do Monchengladbach, Max Eberl, valorizou a atitude dos atletas e se mostrou orgulhoso com a medida.

“É uma mensagem clara: nós estamos juntos por Borussia, em tempos bons e ruins. Eles queriam devolver algo para Borussia e também para os fãs que nos apoiam. A comissão técnica se juntou, assim como nossos diretores esportivos e administrativos”, disse o dirigente alemão.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa