Os jogadores recorrem diariamente ao gerente de futebol, Zinho, para que ele convença o Comitê Gestor do Santos a liberar o pagamento

Os jogadores recorrem diariamente ao gerente de futebol, Zinho, para que ele convença o Comitê Gestor do Santos a liberar o pagamento

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

O técnico Enderson Moreira revelou que o presidente do Santos, Odílio Rodrigues, se reuniu com os jogadores para dar explicações sobre os salários atrasados do elenco. A ideia do dirigente é tranquilizar os atletas, que estão irritados com o atraso. Enderson tentou amenizar a crise, disse que o grupo está focado dentro de campo e lembrou que o clube paulista não é único no Brasil que enfrenta problemas para honrar seus compromissos mensais.

"O presidente teve uma conversa com os jogadores, foi claro, todos sabem das dificuldades dos clubes brasileiros, não é algo que acontece só no Santos. Os jogadores estão concentrados, focados, não percebemos nada de diferente, é a mesma dedicação, entusiasmo, sabemos que o presidente e toda a diretoria têm feito de tudo para que os compromissos sejam honrados. Temos segurança e tranquilidade que isso vai se resolver com o passar dos dias", afirmou Enderson.

"Não saberia te precisar que dia que foi, não lembro, foi algo informal, tranquilo, algo muito claro e objetivo que todos ficaram tranquilos com as informações. O presidente tem uma forma de conduzir muito clara e precisa, isso traz tranquilidade", completou.

O UOL Esporte revelou na última terça-feira que os jogadores não recebem os direitos de imagem (maior parte) há pouco mais de dois meses e a CLT (Consolidação das Leis de Trabalho), popularmente conhecida como carteira profissional, há um mês. O clube também deve pagamento de premiações, o famoso "bicho", a diversos atletas do elenco.

Os jogadores recorrem diariamente ao gerente de futebol, Zinho, para que ele convença o Comitê Gestor do Santos a liberar o pagamento. O elenco está irritado com a situação, pois não é a primeira vez que a diretoria santista atrasa o ordenado nesta temporada.

No primeiro semestre, próximo à final do Campeonato Paulista, entre Santos e Ituano, a diretoria atrasou o pagamento dos direitos de imagem de março e abril, e também de premiações.

Assim como Enderson Moreira, o atacante Gabriel Barbosa, que renovou contrato com o clube por mais cinco temporadas recentemente, também confirmou os atrasos. O camisa disse que os jogadores estão focados nas duas competições que o clube disputa – Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil – e que o elenco confia no presidente Odílio Rodrigues e companhia.

"O elenco está tranquilo, temos que jogar futebol, trabalhar bastante, confiamos muito no presidente, quando puder, ele vai pagar a gente. Jogamos futebol porque amamos, gostamos, não pelo dinheiro, estamos muito tranquilos quanto a isso. Não falamos isso na negociação, estávamos muitos felizes em acabar com isso logo", disse.

O Santos viaja nesta quarta-feira para Belo Horizonte, onde enfrenta o Atlético-MG, nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), no estádio Independência, em jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

FOTO: UOL

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa