Chicão responsabilizou os conflitos políticos pela fase ruim do Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Chicão responsabilizou os conflitos políticos pela fase ruim do Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Campeão da Libertadores e Mundial com o Corinthians, o ex-zagueiro Chicão tem um diagnostico para o ano ruim do Timão em 2020. Em entrevista ao UOL Esporte, o ídolo-corintiano destacou os problemas internos do clube, especialmente na política alvinegra, como principais responsáveis pelo futebol ruim.

“A fase é difícil porque tem as questões políticas, técnicas dentro de campo e financeira, com cerca de dois meses de salários atrasados. Apesar disso, acho que essa última questão não interfere muito porque o atleta tem caráter, hombridade, e precisa cumprir com o dever... Tem outra coisa: é um ano eleitoral (no clube), difícil e complicado no qual existe muita vaidade, ego de parte política. Enfim, é uma situação complicada”, declarou Chicão.

O ex-zagueiro ainda mostrou confiança no trabalho do técnico Vagner Mancini e disse esperar ver um time cada vez mais organizado pelo treinador.

“Eu acho que ainda faltam algumas peças se encaixar. Acredito que o Mancini vai dar uma cara para o time. Contra o Athletico-PR, pelo menos, nós vimos um time equilibrado, com funções táticas. Vamos aguardar os próximos jogos para a gente analisar”, afirmou o ex-camisa 3.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa