Hoje no Flamengo, camisa 9 disse ter conversado com os rivais paulistas antes de retornar ao Santos em 2018. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Hoje no Flamengo, camisa 9 disse ter conversado com os rivais paulistas antes de retornar ao Santos em 2018. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Ainda muito jovem, Gabigol chamou a atenção do mundo do futebol jogando pelo Santos. Torcedor do Peixe, o centroavante, hoje no Flamengo não teve sucesso na Europa, jogando pela Inter de Milão e pelo Benfica, e quando decidiu retornar ao Brasil chegou a negociar com rivais do clube da Vila Belmiro.

Em entrevista ao podcast Podpah, Gabigol comentou sua passagem pela Europa e revelou que em 2018, quando decidiu voltar a jogar no Brasil, pela situação financeira do Santos, chegou a abrir negociações com Corinthians e São Paulo.

“Sou eu (quem decido meu futuro), porque querendo ou não é a minha vida. Eu não me arrependo (de voltar ao Brasil). Queria voltar para o Brasil, mas a Inter sempre foi um pé no saco comigo. Porque eu não jogava e eles não deixavam eu ir embora”, disse o atacante.

“Eu falava ´tenho 18 anos, preciso jogar`. E aí teve a oportunidade de eu ir para o Benfica, eu disse ´qualquer lugar, menos ficar na Inter`. Eu sabia que se voltasse para o Brasil, eu seria artilheiro”, completou o camisa 9 do Flamengo, que acabou retornando ao Peixe, mas que antes disso sentou para conversar com os rivais santistas.

“A Inter não deixava eu fazer o que eu queria. Sempre quis voltar para o Santos. A minha vontade foi sempre vir para o Santos. Só que o Santos na época estava quebrado, ainda está quebrado. E aí conversei com Corinthians, São Paulo, alguns outros times. Eu queria voltar para o Brasil. Eu tive proposta da Espanha, mas eu queria voltar para o Brasil”, relembrou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa