A informação foi revelada hoje pelo vice-presidente flamenguista. (Foto: Flamengo)

A informação foi revelada hoje pelo vice-presidente flamenguista. (Foto: Flamengo)

Após a goleada que sofreu diante do Independiente del Valle, por 5 a 0, o vice-presidente do Flamengo veio a público para prestar alguns esclarecimentos ao torcedor. Diante da derrota vexatória muito se especulou sobre a permanência de Domènec Torrent no comando técnico da equipe.

De acordo com Marcos Braz, a possível demissão de Dome nunca foi conversada entre os dirigentes. O calendário imposto pela pandemia foi tido como o principal "culpado" pelo resultado negativo e deu o total respaldo para a continuidade do trabalho do espanhol.

"O Dome está dentro de um planejamento. Em nenhum momento foi discutida a saída. Aqui quem manda é o Rodolfo Landim. Em nenhum momento foi pensado nessa hipótese. O resultado do jogo foi impensável, o Flamengo não pode perder de 5 a 0 na Libertadores, no Brasileiro, do Mundial, em nenhum lugar. Não faz parte da história do clube, não faz parte desta diretoria. Existe uma unidade e um planejamento. As derrotas acontecem, mas existem derrotas e derrotas. O que eu posso falar é que existe uma unidade", afirmou Braz.

(Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa