Lateral campeão da Copa América deve reforçar Fla, por dois anos e meio. (Foto: Xinhua/Rahel Patrasso)

Lateral campeão da Copa América deve reforçar Fla, por dois anos e meio. (Foto: Xinhua/Rahel Patrasso)

Arthur Sandes e Bruno Grossi
Do UOL, em São Paulo

O provável acerto de Filipe Luís com o Flamengo deve inverter uma tendência de nove anos no futebol nacional: o lateral esquerdo tem tudo para se tornar o primeiro titular da seleção brasileira a ser repatriado desde Robinho, em 2010.

Filipe Luís foi titular em quatro jogos na Copa América e só deixou o time de Tite porque sofreu lesão nas quartas de final. Ele havia herdado a titularidade de Marcelo após a Copa do Mundo e, aos 33 anos, estreitou as relações com Tite e foi até uma espécie de assistente técnico na campanha do título. Se confirmada a ida ao Flamengo, portanto, é um titular da seleção quem desembarca no futebol brasileiro.

Isso não acontece desde 2010. Robinho havia sido titular da seleção na Copa das Confederações do ano anterior e mantinha o posto durante as Eliminatórias para a Copa quando foi emprestado pelo Manchester City (ING) ao Santos. Na época, o atacante tinha a confiança quase inabalável do técnico Dunga, mas na Inglaterra pouco somava minutos em campo - fez só nove jogos no segundo semestre de 2009.

Eis que surgiu o Santos, para onde ele foi emprestado para "jogar regularmente", nas palavras do então técnico do City, Roberto Mancini. Então com 26 anos, Robinho assumiu papel de tutor dos "Meninos da Vila" e uniu seu talento aos de Neymar e Ganso para encantar o País. O saldo final foi de um Paulistão e uma Copa do Brasil em seis meses - um titular daquele time era Alex Sandro, atual concorrente de Filipe Luís na seleção.

De lá para cá, houve casos de selecionáveis contratados por clubes brasileiros, mas nunca um titular incontestado, nem vindo do exterior e muito menos imediatamente após uma competição oficial - como seria a chegada de Filipe Luís. Nos últimos anos, Diego Souza, Ricardo Oliveira e Lucas Lima trocaram de clube meses após convocações, por exemplo, mas nenhuma das situações cumpriu os requisitos citados.

Filipe Luís está oficialmente sem clube desde o começo de julho, quando terminou sua segunda passagem pelo Atlético de Madri (ESP). O Flamengo deve ser o segundo clube do lateral esquerdo no Brasil, visto que ele foi revelado e defendeu o Figueirense até se transferir à Europa em 2004.

(Foto: Xinhua/Rahel Patrasso - retirada do UOL)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa