Foto: Rubens Chiri/São Paulo Futebol Clube

Foto: Rubens Chiri/São Paulo Futebol Clube

Daniel Alves, alvo de protestos de são-paulinos após os tropeços do Tricolor no Morumbi contra Fluminense e Athletico, conseguiu dar a volta por cima no clássico contra o Santos. Foi dele o gol de empate do São Paulo na Vila Belmiro.

E, após o apito final do árbitro, o técnico Fernando Diniz fez questão de encher a bola do craque tricolor. “Quando a gente fala do Daniel Alves, estamos falando de um jogador de nível muito alto. Ele tem outras coisas que externamente vocês acabam não sabendo, mas é uma liderança extremamente positiva, um cara que treina todos os dias, que chega no horário, que vai embora depois dos outros, que faz a recuperação, que faz uma alimentação especial e é um exemplo. O São Paulo fez uma grande contratação com o Daniel Alves, ele emana coisas positivas. A gente não trouxe um cara driblador e fazedor de gol, nem um cara que foi um camisa 10 a vida inteira. Essa cobrança, que vem pelo nome que o Daniel Alves tem e pelos títulos que ele ganhou, é muito descontextualizada. Ele veio para somar e para ajudar o São Paulo, e está ajudando muito. E em todas as coisas ele tem ajudado. Na liderança, dentro do campo, na marcação, na orientação. É um cara que faz parte da solução muito claramente para mim”, disse o treinador.

Na próxima rodada, o São Paulo visita o Ceará, domingo (24), às 19h, no estádio do Castelão.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa