Volante palmeirense confirmou o episódio envolvendo sua esposa e torcedores alviverdes (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Volante palmeirense confirmou o episódio envolvendo sua esposa e torcedores alviverdes (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

O volante Bruno Henrique, do Palmeiras, revelou que a sua esposa foi agredida por torcedores palmeirense ao sair da Arena da Baixada na noite deste domingo (20), depois do empate por 1 a 1 diante do Athletico-PR.

De acordo com informação publicada pelo UOL, Bhel Dietrich foi cercada por um grupo de torcedores que a xingaram e a empurraram. Outros familiares também estavam presentes.

Ao UOL, a assessoria de Bruno Henrique confirmou a agressão.

Após derrota do Verdão para o Flamengo, em setembro, o jogador foi cobrado por um torcedor na rua enquanto passeava de folga com Bhel. Na ocasião, a mulher do jogador bateu boca com o homem e um vídeo do episódio viralizou nas redes sociais.

Em nota oficial, o Palmeiras lamentou o ocorrido e afirmou estar prestando todo suporte aos familiares do jogador. Confira:

A Sociedade Esportiva Palmeiras repudia veementemente o deplorável e constrangedor episódio ocorrido na saída do estádio neste domingo, após a partida contra o Athletico, em Curitiba, envolvendo a esposa do jogador Bruno Henrique e sua família.

É inadmissível que aconteçam situações lamentáveis envolvendo ataques de supostos torcedores a atletas, comissão técnica, dirigentes e seus familiares. O clube está dando todo o suporte necessário ao jogador e sua família.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa