Desempregado, treinador destacou que os clubes não dão tempo aos profissionais. Foto: Fabio Wosniak/Site Oficial do CAP

Desempregado, treinador destacou que os clubes não dão tempo aos profissionais. Foto: Fabio Wosniak/Site Oficial do CAP

Muitas vezes vítima da cultura de demissões do futebol brasileiro, Dorival Jr não esconde o incomodo com o tratamento dados aos treinadores em nossos campeonatos. Em entrevista à Rádio bandeirantes, o treinador, que fez seu trabalho mais recente no Athletico-PR, criticou a forma precoce como os trabalhos são avaliados no Brasil e destacou que falta tempo para que os profissionais consigam implementar seus projetos.

“No Brasil você é avaliado já na primeira semana que você assume um novo trabalho. É nesse sentido que falta tempo”, declarou Dorival em entrevista ao programa Nossa Área, da Rádio Bandeirantes.

Sem clube desde que foi demitido do Athletico em 28 de agosto de 2020, Dorival destacou que tem utilizado o tempo para assistir todos os jogos possíveis e assim se manter atualizado enquanto espera novas oportunidades no mercado. O treinador ainda avaliou o trabalho de Abel Ferreira e elogiou não só a capacidade, mas a postura do técnico português.

“Eu vejo o Abel um cara simples e sincero. Está interessado em ver o crescimento do futebol brasileiro. Em momento nenhum eu senti uma diferença. Mesmo na conquista, enalteceu o trabalho do Vanderlei (Luxemburgo). Acho que é um fato muito importante. Ele está também evoluindo, crescendo, melhorando”, disse Dorival Jr.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa