Jesus é responsabilizado pelo atraso do time do Flamengo para retornar ao gramado no jogo contra o Grêmio (Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes & Paula Reis / Flamengo)

Jesus é responsabilizado pelo atraso do time do Flamengo para retornar ao gramado no jogo contra o Grêmio (Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes & Paula Reis / Flamengo)

A Conmebol denunciou o técnico Jorge Jesus, do Flamengo, e o português corre o risco de ficar fora da grande decisão da Libertadores no dia 23 de novembro. Jesus pode ser punido pelo atraso de dois minutos na volta do time do Flamengo após o intervalo do jogo contra o Grêmio na última quarta-feira (23).

O regulamento da Conmebol aponta que o técnico responde quando há esta demora no retorno da equipe ao gramado. O código prevê suspensão de uma partida.

Ocorrendo antes do dia 23 de novembro, o julgamento poderia tirar Jesus da grande final da Libertadores, quando o Flamengo enfrentará o River Plate em Santiago. O rubro negro carioca já teve uma experiência negativa nesse sentido: antecessor de Jesus no comando do Fla, Abel Braga foi punido e ficou impedido de comandar a equipe do banco de reservas no duelo diante da LDU, na primeira fase do torneio, jogo disputado em Quito, no Equador.

O atacante Gabigol também foi citado no relatório do o árbitro da partida. O jogador exibiu um cartaz com a frase "hoje tem gol do Gabigol" e pode ser condenado a pagar multa de ao menos 5 mil dólares.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa