Técnico do Peixe ficou internado cerca de 20 dias após ser internado com coronavírus. Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Técnico do Peixe ficou internado cerca de 20 dias após ser internado com coronavírus. Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Recuperado da Covid-19 depois de até ser internado, o técnico Cuca, do Santos, ainda não está 100%. Em entrevista à Veja, o treinador alvinegro destacou que ainda sofre com algumas pequenas sequelas deixadas pela doença provocada pelo coronavírus.

Cuca foi internado no dia 7 de novembro depois de apresentar alguns sintomas da Covid. Como é cardiopata e passou por uma cirurgia recente no coração, o treinador foi imediatamente internado no hospital Sírio-Libanês, onde permaneceu por cerca de 20 dias.

“A família estava muito preocupada. Eles tinham medo que eu morresse, isso é normal porque não estão no dia a dia comigo. No hospital não senti esse medo, usei a fé. Não vou dizer que estava preparado, claro, mas não senti mesmo. Criei novas amizades no período, com as enfermeiras, os médicos. Valorizamos ainda mais esses profissionais”, explicou Cuca.

O técnico do Peixe disse ainda sentir os efeitos da doença e valorizou o papel do médio Fábio Novi, que não hesitou em interna-lo.

“Acredito que estou 90% curado, mas hoje canso só de subir uma escada. Eu me sinto fraco às vezes, também. Se eu tivesse insistido, do jeito que estava, ia morrer. O médico do Santos, o doutor Fabio salvou a minha vida. É um cara que já tratou de um câncer, mas que me pôs para dentro do carro dele sem pensar nem por um segundo nele, só em mim. Ele me ajudou muito, virou como um irmão”, comentou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa