Cruzeiro hoje é o 11º colocado da Série B. Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Cruzeiro hoje é o 11º colocado da Série B. Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Depois de empolgar seu torcedor, se afastar da zona de rebaixamento e sonhar com o G4, o Cruzeiro viu suas chances de conseguir ao cesso de volta para a Série A do Brasileirão minguarem. Após empate diante do Cuiabá na noite da última terça-feira (29), pela 32ª rodada da Série B, a Raposa reduziu ainda mais suas chances de subir

O empate em casa deixou o cruzeiro com apenas 0,4% de chances de retornar à elite do futebol brasileiro, aponta o departamento de Matemática da UFMG. A chance de queda, ao menos, também é mínimo. Segundo a UFMG, A UFMG o risco de cair para a Série C é de apenas 0,87%.

Hoje o time celeste totaliza 41 pontos, oito atrás o Juventude, que é o quarto colocado, na última posição que dá acesso, e seis à frente do Náutico, primeiro na zona de rebaixamento.

Com poucas chances de retornar à primeira divisão, o Cruzeiro deve mesmo disputar a Série B em 2021, ano do seu centenário. Ídolo do clube e principal referência no elenco celeste, o goleiro Fábio, que renovou seu contrato recentemente, destacou que seguirá firme com a equipe rumo ao acesso na próxima temporada.

“Independente onde for, eu estarei aqui. Independente das dificuldades... Quem é cruzeirense, estará junto”, afirmou o camisa 1 após o empate com o Cuiabá.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa