Equipe mineira joga neste domingo em São Paulo. Foto: Marcelo Alvarenga/AGIF/via UOL

Equipe mineira joga neste domingo em São Paulo. Foto: Marcelo Alvarenga/AGIF/via UOL

Sete dias se passaram desde que o programa Fantástico, da TV Globo, publicou uma reportagem com denúncias de supostas irregularidades em transferências no Cruzeiro. Os casos atingem diretamente o clube e seus principais gestores - entre eles, o presidente Wagner Pires de Sá, o vice-presidente de futebol Itair Machado e o diretor-geral Sérgio Nonato. Durante a semana, jogadores tentaram tocar a rotina com naturalidade, mas os treinos na Toca da Raposa ficaram em segundo plano, assim como o assunto mais debatido. Agora, a equipe se depara com um novo compromisso pelo Brasileirão, torneio em que a situação também não é nada boa. Para não aumentar ainda mais a crise também dentro de campo, a Raposa terá que passar pelo São Paulo, seu velho carrasco.

O momento do Tricolor paulista também não é bom, o que só tornaria ainda mais grave um novo tropeço do Cruzeiro. Juntando a competição de pontos corridos e a Copa do Brasil, o time de Mano Menezes já não vence há cinco partidas. Assim, começa a rodada com os mesmos seis pontos que o CSA, primeira equipe da zona de rebaixamento. Nas entrevistas, jogadores experientes tentaram evitar, mas não conseguiram afastar as denúncias da pauta. Por outro lado, reforçaram o discurso de foco no São Paulo para o time ao menos amenizar uma das crises.

"É chato você ver o nome do seu clube na boca de todo mundo. Só que a gente tem experiência suficiente para separar as coisas. Não podemos deixar entrar no vestiário. A gente está vivendo um momento difícil demais dentro de campo para trazermos essas coisas para dentro. A diretoria está resolvendo, já se pronunciou. Isso é com eles. A gente tem que entrar em campo, treinar e voltar a vencer", disse Robinho, um dos jogadores mais regulares do clube recentemente.

O desempenho do Cruzeiro vem em queda livre desde a conquista do Mineiro. Nas primeiras partidas, Mano Menezes minimizou a queda alegando uma acomodação passageira. Porém, o desempenho não voltou a subir nem mesmo nas duas vitórias no Brasileiro até aqui. No domingo passado, o clube viveu seu pior fim de semana da temporada, abrindo a noite com uma derrota em casa para a Chapecoense e fechando com as denúncias contra membros da diretoria.

Por ser contra o São Paulo, a partida no Pacaembu poderá terminar com cenários totalmente opostos. O Tricolor é um dos maiores carrascos do Cruzeiro, independentemente do torneio. Pelo Brasileirão, as equipes se enfrentaram em 62 oportunidades, e a Raposa venceu só 12, empatando 15 e perdendo 35. Uma vitória pode significar a injeção de ânimo que o time precisa até a tão esperada chegada da Copa América. Do contrário, outro revés aumentará ainda mais a pressão no time e principalmente em Mano Menezes, que não tem feito fazer o time jogar como sempre fez.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO x CRUZEIRO

Data: 02/06/2019
Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Hora: 16h (de Brasília)

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva (Ariel Cabral); Thiago Neves, Robinho e Marquinhos Gabriel; Fred. Técnico:Mano Menezes.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius (Hudson), Walce, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson (Luan), Tchê Tchê e Hernanes (Igor Gomes); Helinho, Pato (Vitor Bueno) e Toró. Técnico: Cuca.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    22
  • 2 San
    20
  • 3 Fla
    17
  • 4 Int
    16
  • 5 Atl
    16
  • Veja tabela completa