Atacante palmeirense tem tripletes marcados tanto na Libertadores quanto na Liga dos Campeões da Europa. Foto: Cesar Greco

Atacante palmeirense tem tripletes marcados tanto na Libertadores quanto na Liga dos Campeões da Europa. Foto: Cesar Greco

Decisivo na vitória do palmeiras sobre o Guaraní-PAR na noite da última terça-feira (10), no Allianz Parque, o atacante Luiz Adriano entrou num seleto grupos de jogadores privilegiados. Aos anotar três no triunfo alviverde, o camisa 10 se tornou o terceiro jogador na história a marcar hat-tricks (três gols na mesma partida) na Libertadores e na Liga dos Campeões da Europa.

O feito colocou o centroavante palmeirense ao lado de Neymar e Jadson. Hoje no PSG, Neymar marcou um “triplete” na Libertadores defendendo o Santos, diante do Internacional, em 2012. Já na Liga dos Campeões, o camisa 10 da seleção brasileira marcou hat-tricks em três oportunidades: uma vez pelo Barcelona (contra o Celtic em 2013) e outra vez pelo PSG (contra o Estrela Vermelha, em 2018).

Jadson, por sua vez, tem uma hat-trick em cada uma das competição. Na Libertadores, o meia marcou três vezes num mesmo jogo defendendo o Corinthians, em partida contra o Deportivo Lara, em 2018. Na Liga dos Campeões, o triplete do camisa 10 foi marcado pelo Shaktar (diante do Basel, em 2008).

Já Luiz Adriano, além do triplete diante do Guaraní na Libertadores, tem em seu currículo três Hat-Tricks pela Champions League: frente ao Nordsjælland, da Dinamarca (temporada 2012/13), e dois contra o BATE Borisov, da Bielorrúsia (em 2014), todos defendendo o Shaktar.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa