Cássio comemora vitória do Corinthians nos pênaltis contra o Santos na última segunda-feira, no Pacaembu

Cássio comemora vitória do Corinthians nos pênaltis contra o Santos na última segunda-feira, no Pacaembu

Do UOL, em São Paulo (SP)

A decisão por pênaltis diante do Santos na última segunda-feira, no Pacaembu, ainda repercute no Corinthians. O goleiro Cássio brincou com o fato de o zagueiro Manoel ser obrigado a bater um dos pênaltis. Após o zagueiro Henrique concluir a oitava cobrança com êxito, o Timão tinha apenas Manoel, Ralf e Cássio na "fila" para a sequência.

No entanto, o lateral santista, Victor Ferraz, cobrou na trave, e o Timão venceu por 7 a 6 e garantiu vaga na final do Campeonato Paulista, contra o São Paulo.

Cássio disse que bateria na frente de Manoel se a décima cobrança fosse necessária na decisão por pênaltis.

"Acho que só antes do Manoel. Eu treino pênalti aqui também, mas não tenho interesse nenhum em bater. Eu só bateria antes do Manoel. Se eu visse ele vindo, se precisasse eu me meteria na frente dele", brincou Cássio.

"Eu treino porque a gente nunca sabe, eu nunca tinha participado de uma disputa de pênaltis tão longa. Acho que foi a melhor sequência de pênaltis nossa desde que eu estou aqui. É mérito de treinamento, a gente vem treinando pelo menos um pênalti todo dia. Todos muito confiantes, então ficamos felizes pela classificação", completou.

Na primeira série, de cinco cobranças, Boselli errou para o Corinthians, enquanto o jovem Kaio Jorge perdeu para o Santos. Por fim, Victor Ferraz precisava converter a sua cobrança, mas chutou na trave e viu seu time ser eliminado.

Foto: Daniel Vorley/AGIF (via UOL)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    64
  • 2 Pal
    54
  • 3 San
    51
  • 4 São
    46
  • 5 Cor
    44
  • Veja tabela completa