A luta de boxe mais importante de maio de 2015

A luta de boxe mais importante de maio de 2015

A mídia esportiva internacional está ansiosa pela luta entre Floyd Mayweather e Manny Pacquiao, anunciada para o dia 2 de Maio. Mas não foi pensando nesse combate que o título acima foi escrito. Acontece que o interesse no evento dos EUA, e as notícias sobre o retorno de Acelino Popó Freitas aos ringues têm ofuscado, pelo menos para os fãs brasileiros de boxe, a luta que acontecerá no Japão no dia 1 e que traz, entre as principais atrações, um combate entre o japonês Ryota Murata e o brasileiro Douglas Ataíde. Esta provavelmente será, para o futuro do boxe nacional, a luta mais importante do mês de Maio.

Como era de se esperar, a maior parte das notícias sobre este evento e sobre a luta do brasileiro é produzida pela imprensa japonesa que, naturalmente, está focada na trajetória do atleta japonês. Murata ganhou o ouro nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012 ao vencer o brasileiro Esquiva Falcão e, desde então, tendo migrado para o boxe profissional, fez 6 lutas e venceu todas. O Japão, portanto, assiste com expectativa o que pode ser o nascimento de um ídolo do esporte nacional, valorizando o talento de um atleta que, aos 29 anos, busca ascender rapidamente no ranking dos pesos-médios e disputar um título mundial em breve.

Praticamente não se fala do brasileiro que estará no outro canto do ringue. É natural que a imprensa japonesa não saiba muito sobre Douglas Ataíde; eles encaram a luta apenas como um degrau para o japonês, e voltam todos os holofotes para seu possível ídolo. Algumas fontes dizem que a luta poderá ser a mais difícil da carreira profissional de Ryota Murata, outras apenas se perguntam se o japonês vencerá de maneira mais ou menos expressiva, retratando seu adversário como um lutador ranqueado, porém desconhecido, que deve servir de teste antes de uma disputa por título.

Assim, cabe a nós, brasileiros, olhar para estes eventos de outro ponto de vista, fazendo justiça a Douglas Ataíde que é o atual detentor do cinturão latino-americano da Organização Mundial de Boxe (WBO). Douglas fez 15 lutas profissionais até o momento, das quais venceu 13, empatou 1, e foi desclassificado de maneira polêmica no sexto round de uma luta em que estava superior ao argentino Jorge Sebastian Heiland. Com este cartel admirável aos 24 anos, o talentoso atleta brasileiro está confiante de que pode surpreender aqueles que, do outro lado do mundo, confiam na superioridade de seu rival. Ele também vê o combate contra o japonês como uma vitrine para exibir sua apurada técnica internacionalmente e, obviamente, como um caminho para alcançar o topo do ranking de sua divisão.

Ou seja, a luta entre Ryota Murata e Douglas Ataíde deve significar o nascimento de pelo menos um (ou dois) boxeador que atuará na elite do boxe mundial pelos próximos anos. O Japão estará atento aos resultados desse evento; outras partes do mundo provavelmente saberão depois do novo talento revelado. Já o Brasil, infelizmente, pode não notar que deu origem a um talento esportivo de tão grande envergadura até que alguma organização internacional lhe ofereça um contrato e usufrua de sua carreira.

Por Anderson de Oliveira Lima
Professor, doutor em Ciências da Religião, doutorando em Letras/Literatura, e admirador do boxe nacional

Foto: Anderson de Oliveira Lima

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa