O caso foi confirmado pelo técnico Vítor Pereira

O caso foi confirmado pelo técnico Vítor Pereira

UOL Esporte
O lateral uruguaio Álvaro Pereira o atacante brasileiro Kléber, jogadores do Porto, protagonizaram uma briga no vestiário após uma sessão de treinamento em Portugal. O caso foi confirmado pelo técnico Vítor Pereira. Ele não deu maiores detalhes sobre a confusão publicada pelo jornal O Jogo, que destacou que os atletas resolveram desentendimento durante treino do time com socos.
O treinador português negou que o uruguaio tenha sido afastado da equipe por causa do incidente, apesar de o jogador não ter participado dos trabalhos ao lado dos companheiros desde a segunda-feira, dia em que a pancadaria no vestiário do Porto aconteceu. O brasileiro também não foi punido.
"Ele está autorizado a deixar o time para cuidar de assuntos pessoais. Esse episódio não tem nada a ver com a permissão?, destacou Vítor Pereira. O lateral está perto de deixar o Porto após três temporadas no clube. Entre os times interessados, aparece o Chelsea. Álvaro Pereira pode ser vendido por dez milhões de euros.
Vítor Pereira se limitou a destacar a qualidade da dupla e disse que o caso pode acontecer em qualquer equipe. "Não vi nada tão especial que justifique tantos comentários na imprensa. Foi um treinamento disputado, nos limites da competitividade e não tenho nada mais para dizer?, encerrou o treinador português.
Segundo o diário esportivo, as comemorações de Kléber pelos gols marcados durante o treino irritaram Pereira. Após ofensas verbais, a dupla deixou a atividade e foi para o vestiário a pedido do técnico. No local, a discussão terminou em pancadaria.
Foto: Reprodução/UOL

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa