Cada clube só poderá inscrever dois técnicos ao longo do Campeonato Brasileiro. Foto: CBF/Divulgação

Cada clube só poderá inscrever dois técnicos ao longo do Campeonato Brasileiro. Foto: CBF/Divulgação

Em conselho técnico realizado com os 20 clubes participantes da Série A do Campeonato Brasileiro, a CBF aprovou medida que limita a troca de treinadores na competição de 2021.

Pela nova regra, o clube começará o Brasileirão com um técnico inscrito e, caso demita este treinador, poderá inscrever apenas mais um profissional. Em caso de segunda demissão, o substituto precisará ser um funcionário que já trabalha no clube há pelo menos seis meses. Em caso de pedido de demissão por parte do treinador, o clube não sofrerá limitação para inscrever um novo profissional.

A mesma limitação imposta pela regra também valerá para os treinadores. O técnico, uma vez inscrito no Brasileirão por um clube, só poderá se demitir uma vez, caso queira treinar outra equipe que dispute a competição. Se pedir demissão novamente, ele não poderá ser inscrito por outra agremiação. Caso seja demitido, o profissional não sofrerá nenhum tipo de limitação quanto à sua contratação por um novo time.

No conselho técnico, a CBF também divulgou a tabela e datas do campeonato. O Brasileirão terá início no dia 30 de maio e encerramento em 5 de dezembro. Logo na primeira rodada, Flamengo, atual bicampeão da competição, enfrenta o Palmeiras, atual campeão da Copa do Brasil.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A TABELA COMPLETA DO BRASILEIRÃO

O Brasileiro 2021 também terá uma novidade no uso do VAR. A arbitragem de vídeo terá uma central, que vai funcionar na sede da CBF, no Rio de Janeiro. O local também vai funcionar para a Copa do Brasil a partir das oitavas de final.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa