Novo treinador vascaíno disse ter parcela de responsabilidade no sucesso do Mengão. Foto: Twitter/Divulgação

Novo treinador vascaíno disse ter parcela de responsabilidade no sucesso do Mengão. Foto: Twitter/Divulgação

Novo técnico do Vasco, Abel Braga foi apresentado pelo cruzmaltino nesta quarta-feira (18). Em coletiva, o treinador falou do desafio de comandar o Gigante na Colina, elogiou a fase do rival, Flamengo, e destacou que foi ele quem iniciou o trabalho vencedor do Rubro-Negro.

“Sei a filosofia do clube e o que o torcedor do Vasco gosta de ver: boa exibição, jogada bonita, ousadia, mas, acima de tudo, ele quer ver coragem. O que caracteriza o Vasco é o cara, para evitar um gol, cabecear até a trave, por exemplo”, comentou Abel que defendeu o Vasco quando era jogador.

Questionado sobre a temporada ruim em 2019, quando trabalho em Flamengo e Cruzeiro, Abel disse ter uma parcela de responsabilidade tanto no sucesso do Mengão, quanto na queda da Raposa.

“Não gostaria de falar do que ficou para trás. Posso falar que tenho 17 títulos. Fui campeão mundial e não é por ai. O trabalho no rival está sendo bem feito, mas está sendo terminado. Eu comecei. Com a Florida Cup, com o estadual, com a classificação na Copa do Brasil 75% garantida com a vitória em São Paulo. E classificado em primeiro no grupo da Libertadores, o que não acontecia há 11 anos, então não é bem por aí”, disse.

“No Cruzeiro, eu fui o terceiro técnico, o que não faço, de pegar no meio. Mas peguei porque recebi ligações de atletas, e aquilo mexeu comigo. Fui tentar ajudar e não consegui. Como não conseguiu o Mano, o Ceni, eu, o Adilson, a direção... Todo mundo tem a responsabilidade”, completou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa