Treinador do Palmeiras ainda criticou o calendário do futebol brasileiro. Foto: Cesar Greco

Treinador do Palmeiras ainda criticou o calendário do futebol brasileiro. Foto: Cesar Greco

O bom desempenho e a goleada sobre o Independiente Del Valle, na segunda rodada do Grupo A da Libertadores, deu ao Palmeiras e ao técnico Abel Ferreira alívio. Com o time pressionado pelos resultados ruins no início da temporada, o placar de 5 a 0 tirou um pouco do peso sobre o elenco e sobre o comandante. Após a vitória, Abel desabafou e destacou qual é o novo lema do Verdão.

“Este ano vou inverter o lema. Ano passado eu disse que todos somos um. Este ano vai me faltar o lema, tem que ser contra todos. Este ano, contra tudo e contra todos. Vamos procurar fazer nosso trabalho, contra tudo e contra todos. Vai ser o lema deste ano”, disse o treinador.

O português ainda voltou a criticar o calendário desgastante que encontrou no futebol brasileiro e destacou as dificuldades de trabalhar nessas condições.

“Ano passado, contra o São Paulo, quando empatamos o jogo, falei da densidade competitiva. Não gosto de repetir muitas vezes, e eu fui muito claro contra o São Paulo. Minha função é treinar, eu sou pago para isso, não sou eu que faço os calendários, não faço os calendários para promover o jogador brasileiro e o futebol brasileiro e a seleção. Não é minha função. Mas quando você joga, e o Palmeiras é a única equipe com o calendário que tem, e depois falam que a equipe se apresentou fresca... Mas para isso, temos de usar o sub-20 no Paulista e que tem jogado muito bem, como contra o Mirassol, apesar do resultado. Logicamente que o calendário vai ter uma interferência e já tem, pelos lesionados”, avaliou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa