Equipe paranaense levantou o título nacional em 1985. Foto: Divulgação

Equipe paranaense levantou o título nacional em 1985. Foto: Divulgação

Há exatos 35 anos, no Maracanã, o Coritiba conquistava o título do Campeonato Brasileiro, ao vencer o Bangu nos pênaltis após empate em 1 a 1 no tempo normal.

O Coritiba, então dirigido por Ênio Andrade (1930 - 1997) saiu na frente com um lindo gol de falta de Indio, no primeiro tempo, sem chance alguma para Gilmar, ex-goleiro do Palmeiras. O Bangu empatou ainda na etapa inicial, com Lulinha, chute de fora da área que contou com desvio da zaga para trair o goleiro Rafael.

Com o empate no tempo normal, a decisão foi para os pênaltis.

Na série regular de penalidades, 5 a 5.  Porém, na série alternada, logo na primeira cobrança, Ado perdeu para o time carioca e o zagueiro Gomes marcou para tornar o Coritiba campeão brasileiro de 1985. Aliás, foi o segundo título do Brasileiro de Gomes, que havia conquistado o título pelo Guarani em 1978.

Assim como Ênio Andrade, o então treinador do Bangu também já morreu, Moisés (1948 - 2008). 

ABAIXO, COM NARRAÇÃO DE GALVÃO BUENO, OS MELHORES MOMENTOS DA DECISÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE 1985 ENTRE BANGU E CORITIBA

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

Coritiba 1 x 1 Bangu (6 x 5)

Data: 31 de julho de 1985

Arbitro: Romualdo Arppi Filho (SP)

Local: Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

Cartões amarelos: Mário, Gomes, Dida e Rafael.

Público pagante: 91.527

Gols (tempo normal): Índio aos 25 e Lulinha aos 35 do 1º tempo.

Coritiba: Rafael, André, Gomes, Heraldo e Dida; Almir (Vavá), Marildo (Marco Aurélio) e Tóbi; Lela, Índio e Édson. Técnico: Ênio Andrade 

Bangu: Gilmar, Márcio, Jair, Oliveira e Baby; Israel, Lulinha (Gílson) e Mário; Marinho, João Cláudio (Pingo) e Ado. Técnico: Moisés.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa