Moraes Sarmento

Grande homem de rádio
Moraes Sarmento, o Rubens Sarmento, nasceu em Campinas, em 14 de dezembro de 1922 e morreu em São Paulo, no dia 22 de março de 1998.

A dedicação ao rádio começou cedo quando, ainda no interior, gostava de brincar esticando fios, fazendo antenas, para melhorar a recepção do áudio. Aos 15 anos entrou para a Rádio Educadora de Campinas, levado pelo radialista Roberto Corte Real. Em 1941, em Uberlândia-MG, iniciou seu trabalho como locutor profissional. Trabalhou também em São José do Rio Preto e chegou depois a São Paulo. Na Rádio Cultura de São Paulo, apresentou o programa "Cirquinho do Simplício".

Solto, despachado, sincero, defensor das raízes musicais brasileiras, fez sucesso, passando também pelas Rádios Cosmos, Tupi, Bandeirantes, São Paulo e Capital.

Também trabalhou na TV Cultura apresentando o programa "Viola, minha Viola", onde obteve muito sucesso. Moraes Sarmento esteve no ar por 60 anos ininterruptos. Foi casado com dona Wilma, teve filhos, netos e bisnetos.

O texto acima foi enviado pelo querido Mário Lopomo, amigo do também maravilhoso Salomão Esper.

Uma expressão utilizada até hoje, por aqueles que o acompanharam  pelo rádio é esta: "1900 e Moraes Sarmento", em alusão ao longo tempo de carreira do saudoso radialista.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    13
  • 2 Atl
    12
  • 3 São
    11
  • 4 San
    10
  • 5 Int
    9
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES