Desde o início da temporada, Angioni era pressionado e não tinha uma boa relação com Eurico Brandão, o Euriquinho, filho de Eurico Miranda

Desde o início da temporada, Angioni era pressionado e não tinha uma boa relação com Eurico Brandão, o Euriquinho, filho de Eurico Miranda

Paulo Angioni não é mais o gerente de futebol do Vasco. Após uma reunião na manhã desta quarta-feira em São Januário, o dirigente foi comunicado de que não continuará no clube em 2016. Seu substituto, inclusive, já está escolhido e é um velho parceiro de Eurico Miranda: Isaías Tinoco, que iniciou a temporada como gerente das categorias de base do próprio cruzmaltino e que em seu último trabalho atuou como diretor-executivo do Cruzeiro.

Desde o início da temporada, Angioni era pressionado e não tinha uma boa relação com Eurico Brandão, o Euriquinho, filho de Eurico Miranda e pessoa com voz ativa no departamento de futebol cruzmaltino.

Os dois praticamente não se falavam e dividiam a função de montar o elenco. Euriquinho, aliás, realizou mais contratações que o ex-gerente de futebol, e agora volta a ganhar força nos bastidores, embora suas aparições públicas tenham se tornado menos constantes.

Isaías trabalhou com Eurico em outras gestões do presidente vascaíno e é considerado um homem de confiança do cartola. Ele só foi liberado para o Cruzeiro este ano em função da amizade e da atraente proposta que recebeu do clube mineiro.

Na tarde desta quarta-feira, Miranda convocou uma entrevista coletiva às 16h para oficializar as mudanças no departamento de futebol.

Foto: UOL

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa