Ex-treinador do Athletico Paranaense afirmou que só agora ouvirá propostas. Foto: Athletico/Divulgação

Ex-treinador do Athletico Paranaense afirmou que só agora ouvirá propostas. Foto: Athletico/Divulgação

Cotado para assumir o comando do Corinthians no lugar de Fábio Carille, Tiago Nunes negou que já esteja acertado com o Timão. Em coletiva nesta quarta-feira (06), o técnico afirmou que seu ciclo no Athletico se encerrou, destacou que questões financeiras não pesaram para sua saída do Furacão e garantiu que não assumirá nenhuma equipe ainda 2019.

“Não chegou proposta alguma do Corinthians. Todos os contatos chegaram ao meu agente, ele tem tomado frente disso. Sempre evitei. Não conversei com nenhum dirigente, nenhum representante do Corinthians ou de clube algum. Sempre fui preocupado com a responsabilidade que tive com o Athletico”

“O que vem a partir de agora é quando vou sentar com o Luís Paulo (empresário), parar para pensar no que temos e o que vamos projetar para 2020”

Questionado se o lado financeiro pesou para sua não renovação com o Furacão, Tiago destacou que recebeu propostas tentadoras e não foi isso que o fez deixar o clube.

“Não foi o ponto mais forte. Tive 4 convites desde ano passados e todos foram maiores que a proposta desse momento. Nenhum momento fiz contraproposta ao Athletico, perguntei qual a melhor proposta que poderia fazer. Ponto. Não houve contraproposta, não acho leal ao Athletico entrar em leilão. O que me move é o desafio. Não foi o que me moveu, nunca foi na carreira. O que move é o desafio de ser melhor do que já fui”, destacou o treinador ressaltando seu lado competitivo.

“Consegui atingir as etapas que foram propostas e a não permanência passa por isso: a busca por novos desafios, busca de conseguir me provar. Sou um competidor e busco sempre o desafio”, completou.

Pensando em descansar, o treinador ainda garantiu que não pretende assumir nenhuma equipe em 2019 e afirmou que não convidou nenhum profissional do Athletico para segui-lo em outro clube.

“Não irei trabalhar em nenhum clube em 2019, só a partir de 2020. Vai ao encontro do que havia colocado à disposição do presidente Petraglia e em respeito ao Athletico. Todo profissional quando passa um ciclo grande, precisa de um tempo de tranquilidade para cortar os laços e focar no novo projeto. Pra mim isso é fundamental e a partir de 2020 conseguir pensar com calma no que vai acontecer”, explicou.

“Eu não tenho nenhum vínculo com nenhum clube, nada definido, nenhuma reunião agendada. Solicitei que só agendasse qualquer encontro após o termino dessa coletiva. Meu ciclo encerra nesse momento”, disse. “Como não tenho nada com nenhum clube, seria irresponsabilidade minha convidar qualquer integrante da comissão do Athletico”, completou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa