Galhardo é o artilheiro do Brasileirão em 2020. Foto: Ricardo Duarte

Galhardo é o artilheiro do Brasileirão em 2020. Foto: Ricardo Duarte

Artilheiro do campeonato brasileiro e vivendo um ano mágico em 2020, Thiago Galhardo passou a ser cogitado na seleção brasileira. Em momento iluminado, porém, o meia-atacante do Internacional não via a camisa verde e amarela como uma possibilidade, mas isso começou a mudar.

Em entrevista aos canais ESPN, Galhardo destacou que até pouco tempo não sonhava com a seleção, mas que o excelente momento tornou uma futura convocação algo viável.

“Pelos números que eu venho mantendo depois da convocação, com boas atuações também, aí eu começo a achar que ele pode olhar com carinho para mim, para o Marinho. Dia 5 de novembro, quem sabe, eu posso estar lá”. Disse Galhardo à ESPN

“Nunca sonhei com seleção. Vivo perto da realidade. Nunca pensei em coisas que não pareciam possíveis de acontecer. Hoje eu vejo a seleção como um passo próximo pelo que eu estou fazendo no Inter com a ajuda dos meus companheiros. Acho que posso ir e atender as expectativas - não só do Tite, mas as minhas”, completou o jogador do Inter.

Thiago Galhardo ainda destacou que tinha sim uma ponta de esperança de ser chamado na última convocação da seleção brasileira. O meia-atacante, porém, afirmou que Tite manteve sua coerência na convocação dos jogadores que disputaram os dois primeiros jogos das eliminatórias contra Bolívia e Peru.

“Confesso que fiquei esperançoso na última convocação, mas não chateado. (...) Acho que o Tite teve coerência no que ele fez, principalmente por conta da última convocação, em março. Ele já tinha chamado o Rodrigo Caio e o Everton Ribeiro. Ele manteve os critérios e chamou esses jogadores que estão se destacando há várias temporadas e ganharam tudo no ano passado”, declarou Galhardo.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa