Piloto da Ipiranga Racing levou a melhor na segunda prova. Foto: Vanderley Soares/Hyset

Piloto da Ipiranga Racing levou a melhor na segunda prova. Foto: Vanderley Soares/Hyset

Guilherme Salas (KTF Racing) e Thiago Camilo (Ipiranga Racing) foram os vencedores da rodada dupla realizada neste domingo (24) no Velocitta, em Mogi Guaçu, interior de São Paulo, antepenúltima etapa do campeonato da Stock Car. 

Partindo da pole na corrida 1, Salas dominou de ponta a ponta, recebendo pressão de Ricardo Zonta, o segundo colocado, mais intensamente após a parada obrigatória para troca de pneu, mas a psta estreita do Velocitta jogava contra o paranaense que precisou se contentar com o segundo lugar. César Ramos concluiu na terceira colocação, fechando o pódio. Foi a segunda vitória de Salas na Stock Car, que na esteira do triunfo ainda fez a volta mais rápida da etapa (considerando-se as duas corridas) e eleito o piloto do dia.

Gabriel Casagrande, que lidera o campeonato, fechou a corrida 1 em décimo e largou em primeiro na corrida 2, mantendo-se à frente quando a prova começou, mas acabou superado por Thiago Camilo após a parada para troca obrigatória de pelo menos um pneu.

Assim, Camilo venceu a corrida 2, 35ª na Stock, seguido por Casagrande e Allam Khodair (Blau Motorsport). Vencedor da corrida 1, Guilherme Salas finalizou a prova seguinte na sétima colocação.

Com os resultados das duas baterias, Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport) segue na liderança do campeonato, com Daniel Serra (Eurofarma RC), o vice-líder, que terminou as corridas em quinto e quarto lugares. Casagrande contabiliza 309 pontos, mas com os descartes obrigatórios ele totaliza 302. Serra, que chegou aos 296 pontos, descarta 13 e soma 283 pontos válidos.

PRÓXIMA ETAPA

Em pouco menos de um mês, no dia 21 de novembro, acontece a penúltima etapa do campeonato, em Santa Cruz do Sul-RS, novamente em rodada dupla.

A ETAPA EM MOGI GUAÇU 

Na corrida 1, apesar do aparente alinhamento dos carros, o diretor de prova não sinalizou o início e os pilotos partiram para mais uma volta para que as disputas começassem de fato, pois o cronômetro já estava acionado.

Na largada, o pole Guilherme Salas manteve-se na linha de dentro para impedir o bote de Ricardo Zonta, e acabou conseguindo se sustentar na liderança. Prejuízo para Felipe Massa, que partiu em sétimo mas queimou a largada e acabou punido com um drive-thru. Ele acabou abandonando a prova, apostando suas fichas na prova seguinte da rodada dupla.

Após as paradas obrigatórias para troca de pelo menos um pneu, Salas conseguiu voltar à frente de Zonta, mas com o paranaense muito próximo, tentando ultrapassá-lo. A pista muito estreita do Veloccita jogava contra o paranaense e Salas, mesmo com ritmo inferior, conseguia manter-se em primeiro.

Zonta pareceu se contentar com o segundo posto, evitando um desgaste excessivo de pneus, enquanto César Ramos conseguia abrir um pouco em relação a Diego Nunes, quarto e quinto colocados, respectivamente.

Restando cinco minutos para o final, os seis primeiros eram: Salas, Zonta, César Ramos, Diego Nunes, Daniel Serra e Thiago Camilo. Casagrande, o líder do campeonato, vinha na décima colocação, posição que lhe garantia o primeiro lugar para o início da corrida 2.

Com folga, abrindo quase dois segundos para Zonta, Salas garantiu o primeiro lugar na corrida 1, seguido por onta e ésar Ramos, que fechou o pódio.

A corrida 2 começou com Casagrande largando em primeiro e Ricardo Mauricio em segundo, graças à inversão do grid, pois finalizaram a corrida 1 em décimo e nono lugares, respectivamente.

Na largada, Casagrande conseguiu se sustentar à frente mas Ricardinho perdeu várias posições, por conta das ações impetuosas de Gaetano e Camilo. Ricardinho foi o mais prejudicado, sofrendo um toque que avariou sua suspensão traseira esquerda e abandonou.

Outros toques e Átila Abreu acabou rodadoem toque com Cesar Ramos e também deixou a prova. Cacá Bueno, que vinha na mesma toada, atingiu a placa de publicidade mas conseguiu voltar ao traçado.

Safety-car na pista por conta de um problema com o carro de Bruno Baptista, que teve a suspensão traseira esquerda quebrada, obrigando o abandono do piloto.

Na relargada, Casagrande e Gaetano ditaram o ritmo, seguidos por Khodair, Camilo, Salas e Serra. 

Camilo parou primeiro para trocar pneu e Casagrande acabou superado pelo piloto da Ipiranga Racing, perdendo a liderança.

RESULTADOS

Corrida 1

1 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze), 19 voltas em 33min45s
2 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla) a 1.444
3 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla) a 2.979
4 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze) a 4.753
5 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze) a 9.348
6 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze) a 10.762
7 Gaetano di Mauro (KTF Racing/Cruze) a 12.642
8 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla) a 13.083
9 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze) a 13.707
10 Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 14.826
11 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze) a 15.305
12 Pedro Cardoso (KTF Racing/Cruze) a 16.034
13 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze) a 16.519
14 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze) a 16.869
15 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze) a 18.364
16 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla) a 26.125
17 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla) a 32.142
18 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze) a 41.837
19 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 1:07.539
20 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze) a 1:13.811
21 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze) a 1:16.480
22 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla) a 1:20.099
23 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla) a 1:20.611
24 Gustavo Frigotto (RKL Competições/Cruze) a 1:21.214
25 Beto Monteiro (Crown Racing/Cruze) a 1:23.439
26 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze) a 1:27.691
27 Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla) a 1 Volta
28 Christian Hahn (Blau Motorsport II/Cruze) a 1 Volta

Não completaram

Danilo Dirani (Scuderia CJ/Corolla)
Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze)
Guga Lima (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze)

Corrida 2

1 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), 18 voltas em 36min34s
2 Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 1.476
3 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze) a 1.842
4 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze) a 2.334
5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze) a 2.859
6 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla) a 3.087
7 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze) a 3.634
8 Gaetano di Mauro (KTF Racing/Cruze) a 5.777
9 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla) a 8.018
10 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze) a 9.205
11 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze) a 9.771
12 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze) a 10.149
13 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze) a 10.830
14 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla) a 12.322
15 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze) a 13.200
16 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla) a 15.082
17 Guga Lima (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 16.064
18 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze) a 18.701
19 Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla) a 19.143
20 Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze) a 19.669
21 Pedro Cardoso (KTF Racing/Cruze) a 27.550
22 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 1 Volta

Não completaram

Beto Monteiro (Crown Racing/Cruze)
Gustavo Frigotto (RKL Competições/Cruze)
Christian Hahn (Blau Motorsport II/Cruze)
Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze)
Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla)
Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze)
Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla)
Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze)
Danilo Dirani (Scuderia CJ/Corolla)

CALENDÁRIO DA STOCK CAR PARA 2021 *

25/04 – 1ª etapa – Goiânia - Pole de Cacá Bueno (1min26s863) - Vitórias de Daniel Serra e Ricardo Maurício.
16/05 – 2ª etapa – Interlagos - Pole de Gabriel Casagrande (1min39s800) - Vitórias de Gabriel Casagrande e Antonio Félix da Costa
19/06 - 3ª etapa - Velocitta - Pole de Ricardo Zonta (1min31s125) - Vitórias de Gabriel Casagrande e Rubens Barrichello
20/06 – 4ª etapa – Velocitta - Pole de Rubens Barrichello (1min31s267) - Vitórias de Rubens Barrichello e Ricardo Zonta
11/07– 5ª etapa – Cascavel - Pole de Thiago Camilo (1min03s741) - Vitórias de Thiago Camilo e Átila Abreu
01/08– 6ª etapa – Curitiba - Pole de Ricardo Mauricio (1min20s515) - Vitórias de Ricardo Mauricio e Thiago Camilo
08/08– 7ª etapa – Curitiba (Anel externo) - Pole de Rafael Suzuki (50s095) - Vitórias de Rafael Suzuki e Átila Abreu

18/09 - 8ª etapa - Goiânia (misto) - Pole de Rubens Barrichelo (1min27s284) - Vitórias de Rubens Barrichello e Ricardo Maurício
19/09 – 9ª etapa – Goiânia (Anel Externo) - Pole de Ricardo Maurício (50s278)   - Vitórias de Ricardo Maurício

24/10– 10ª etapa– Velocitta - Pole de Guilherme Salas (1min31s702) - Vitórias de Guilherme Salas e Thiago Camilo

PRÓXIMAS ETAPAS:

21/11– 11ª etapa – Santa Cruz do Sul
12/12– 12ª etapa – Brasília (o autódromo passará por reformas)

* sujeito a alterações


     

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa