Rodada dupla no circuito gaúcho foi movimentada neste domingo. Cacá ainda tem chance no campeonato

Rodada dupla no circuito gaúcho foi movimentada neste domingo. Cacá ainda tem chance no campeonato

Allam Khodair (Full Time Sports) e Cacá Bueno (Red Bull Racing) foram os vencedores da rodada dupla disputada na tarde deste domingo (8) no Autódromo de Tarumã, em Viamão, região metropolitana de Porto Alegre.

Khodair, que foi o pole na primeira bateria, conseguiu vencer após travar duelo intenso com Felipe Fraga, que terminou em segundo. Marcos Gomes completou o pódio, em terceiro.

"Estávamos perseguindo este resultado há muito tempo, detalhes nos separaram desta vitória há algumas etapas. Vieram vários pódios, mas este primeiro lugar, saindo da pole, era o que estava faltando para coroar o trabalho que estamos fazendo, principalmente, na segunda metade do campeonato, onde tivemos nossos melhores resultados", resumiu Khodair, que não completou a corrida 2, por conta de uma batida logo no começo da disputa.

Depois foi a vez do pentacampeão Cacá Bueno utilizar toda sua experiência para vencer a corrida 2, seguido por Rubens Barrichello e Daniel Serra.

Com os resultados, apenas dois pilotos podem chegar ao título: Marcos Gomes (Voxx Racing) que chegou aos 241 pontos e Cacá Bueno (Red Bull Racing), que soma 210. A prova final, em Interlagos, terá pontuação dobrada, valendo 48 pontos para o ganhador. Marcos Gomes precisa chegar em 12º para conquistar seu primeiro título na Stock Car, mesmo que Cacá Bueno vença.

Satisfeito com os pontos somados em Tarumã, Marcos Gomes lamentou apenas alguns incidentes na corrida 2, que o impediram de chegar um pouco mais à frente.

"Eu mantive a tranquilidade na primeira corrida e procurei poupar meu equipamento para a segunda prova também. Fiquei feliz pela Voxx Racing subir no pódio mais uma vez com os dois pilotos no mesmo final de semana. Uma pena na corrida 2 eu ter levado alguns toques dos adversários, mas sei que isso acontece mesmo ali no meio do pelotão", diz Gomes, que na atual temporada ganhou três corridas, fez cinco poles e subiu ao pódio em oito oportunidades.

Cacá Bueno, por sua vez, desceu de seu carro após a vitória com o objetivo fixo em vencer a corrida decisiva em Interlagos, que pode lhe render o hexacameponato na Stock Car.

"Na primeira corrida, consegui seguir a risca a estratégia, controlei a ansiedade de ir para cima, pensando em largar numa boa posição na segunda corrida e acabou dando certo. Guardei bastante push to pass para a segunda prova e consegui conquistar minha 34ª vitória na Stock Car, me tornando o terceiro maior vencedor, atrás apenas do Ingo (Hoffmann) e do Paulão (Gomes). O primeiro objetivo foi conquistado hoje (domingo), aqui em Tarumã (RS), que era levar a decisão do título para Interlagos, agora é acelerar, ir para cima, vencer e esperar que a sorte ajude um pouco. Hoje, agora, eu venci, e ele foi 12º, não é nada tão impossível. A equipe está de parabéns, final de semana que parecia dificílimo e resolvemos jogar com a estratégia. O carro melhorou na segunda bateria. Vamos para Interlagos, vamos ganhar lá. VAMOS GANHAR LÁ! Infelizmente, muitas coisas do campeonato têm sido definidas fora da pista. Eu não participei de duas corridas, se tivesse corrido, acredito que a diferença, agora, poderia estar em uns cinco pontos. Ia ser uma briga mais mano-a-mano. Mas vamos lá! Estamos vivos, era isso que importava. Como dizem por aqui, não está morto quem peleia", pondera Cacá.

Na corrida 1, que vale mais pontos, o pole Allam Khodair ficou com a vitória, mas sua tarefa não foi fácil para chegar à frente de Felipe Fraga, o segundo colocado. Fraga chegou a ultrapassá-lo antes da parada obrigatória para reabastecimento. No pit-stop, entretanto, Khodair retomou a ponta e foi bastante pressionado por Fraga até o final, mas conseguiu se sustentar na liderança. Marcos Gomes completou o pódio, em terceiro.

Valdeno terminou em quarto, mesma posição em que largou. Seu companheiro de equipe, Ricardo Zonta, escalou o pelotão para sair do 14º lugar no grid para receber a bandeira quadriculada na quinta colocação. Rubens Barrichello completou a lista dos seis primeiros.

Na sequência, Ricardo Maurício, Daniel Serra, Cacá Bueno e Vitor Genz. Genz, o décimo, acabou largando na pole da corrida 2, que tem seu grid invertido do décimo para o primeiro colocado. 

Na corrida 2, Genz manteve a liderança na largada. Depois foi superado por Daniel Serra mas voltou a liderança. Na disputa interna da Red Bull, Cacá superou Serra e foi em busca de Genz, conseguindo assumir a liderança. Daniel Serra também ganhou o segundo lugar de Genz, que errou em uma chicane e perdeu várias posições. Barrichello, que era o quarto, herdou a posição de Genz e no final ultrapassou Serra. Assim terminou a corrida 2 no traçado gaúcho de 3.039 metros, com vitória de Cacá Bueno seguido por Rubens Barrichello e Daniel Serra. Marcos Gomes terminou em 12º e somou três pontos

No campeonato, Marcos Gomes lidera com 241 pontos. Cacá Bueno é o único na disputa com Gomes, com 210. Rubens Barrichello é o tercero com 188. Allam Khodair, o quarto, chegou aos 184.

Assim, mesmo que Daniel Serra, o terceiro colocado, vença em Interlagos, somará mais 48 pontos e não consegue alcançar Marcos Gomes, que precisa chegar em quarto lugar para conquistar seu primeiro título na Stock Car.

O encerramento da temporada será no dia 13 de dezembro, em Interlagos. A prova será disputada em bateria única, um pouco mais longa e com pontuação dobrada.

Fotos: Marcos Júnior/Portal TT

CORRIDA 1 - RESULTADO FINAL - STOCK CAR - TARUMÃ-RS - 08/11/2015 

1-) 100 Allam Khodair (Full Time Sports)
2-) 88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) – a 1s313
3-) 80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) – a 6s863
4-) 77 Valdeno Brito (Shell Racing) – a 7s073
5-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 17s520
6-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 20s420
7-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 21s564
8-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 24s486
9-) 0 Cacá Buen ( (Red Bull Racing) – a 25s359
10-) 46 Vitor Genz (Boettger Competições) – a 28s707
11-) 83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) – a 32s490
12-) 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) – a 33s209
13-) 70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) – a 35s308
14-) 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) – a 41s851
15-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 43s855
16-) 2 Raphael Matos (Schin Racing Team) – a 44s509
17-) 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) – a 46s467
18-) 73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) – a 59s232
19-) 16 Mauro Giallombardo (Hot Car Competições) – a 01min00s1
20-) 25 Tuka Rocha (Un (ão Química Racing) – a 01min00s9
21-) 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) – a 01min14s9
22-) 12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) – a 1 Voltass
23-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 1 Voltass
24-) 11 Cesar Ramos (Total Racing) – a 4 Voltass
25-) 74 Popó Bueno (Total Racing) – a 5 Voltass
26-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 12 Voltass
27-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 14 Voltass
28-) 9 Gustavo Lima (ProGP) – abandonou
29-) 4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) – abandonou
30-) 66 Felipe Guimarães (Boettger Competições) – abandonou
31-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – abandonou
32-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – abandonou
33-) 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) – abandonou

CORRIDA 2 - RESULTADO FINAL - STOCK CAR - TARUMÃ-RS - 08/11/2015 

1-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing)
2-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 0s463
3-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 1s211
4-) 77 Valdeno Brito (Shell Racing) – a 1s586
5-) 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) – a 1s876
6-) 74 Popó Bueno (Total Racing) – a 2s418
7-) 4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) – a 2s742
8-) 11 Cesar Ramos (Total Racing) – a 2s983
9-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 3s249
10-) 46 Vitor Genz (Boettger Competições) – a 3s808
11-) 16 Mauro Giallombardo (Hot Car Competições) – a 4s986
12-) 80 Marcos Gomes (oxx Racing Team) – a 6s262
13-) 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) – a 7s208
14-) 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) – a 9s134
15-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 9s716
16-) 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) – a 10s904
17-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 11s675
18-) 9 Gustavo Lima (ProGP) – a 12s472
19-) 25 Tuka Rocha (União Química Racing) – a 13s375
20-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 4 Voltaa
21-) 66 Felipe Guimarães (Boettger Competições) – a 5 Voltaa
22-) 88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) – a 5 Voltaa
23-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 7 Voltaa
24-) 83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) – a 7 Voltaa
25-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 8 Voltaa
26-) 73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) – a 9 Voltaa
27-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 11 Voltaa
28-) 100 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 14 Voltas
29-) 70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) – a 14 Voltas
30-) 2 Raphael Matos (Schin Racing Team) – a 15 Voltas
31-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 20 Voltas
32-) 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) - não laegou
33-) 12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) - abandonou

CLIQUE NO LOGO ABAIXO PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa