Peixe tem um jogo a mais que seus concorrentes e terá sequência difícil na reta final do Brasileiro. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Peixe tem um jogo a mais que seus concorrentes e terá sequência difícil na reta final do Brasileiro. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Com apenas duas derrotas nos últimos sete jogos, o Santos reagiu e ganhou fôlego na luta contra o rebaixamento no Brasileirão. O Peixe hoje é o 12º colocado na tabela com 42 pontos e está cinco pontos acima do Bahia, que é o primeiro time dentro do Z4 (o clube baiano tem um jogo a menos), restando quatro rodadas para o fim da competição. Situação tranquila? Nem tanto.

Na matemática, o clube da Vila Belmiro tem menos de 10% de chances de ser rebaixado (para o matemático Tristão Garcia, o Peixe tem 9% de probabilidades de queda, enquanto a UFMG dá 8% de chances de rebaixamento ao clube alvinegro). Na prática, porém, os santistas estão numa situação mais complicada do que parece.

Historicamente, o número mágico para se salvar do rebaixamento no Brasileirão é de 45 pontos. Neste ano, porém, a nota de corte deve subir e o Departamento de Matemática da UFMG aponta equipes que atingirem 47 pontos estarão livres do Z4. Para isso, o peixe precisaria de mais seis pontos, e assim se livrar “tranquilamente” do rebaixamento.

Conquistar seis pontos em 12 disputados, sendo que duas das quatro partidas serão em casa pode não ser uma missão das mais complicadas. Mas o caminho santista não é dos mais fáceis.

O Peixe pega o Fortaleza (em casa), Internacional (fora), Flamengo (fora) e Cuiabá (em casa). Se analisarmos esses mesmos confrontos no primeiro turno do Brasileirão 2021, o Santos conseguiu apenas dois pontos (empatou com Fortaleza e Inter, perdeu para Flamengo e Cuiabá).

Não seria surpresa o Santos encerrar essa sequência com três pontos ou menos. Hoje o clube da Vila Belmiro não é favorito absoluto em nenhum dos confrontos – claro que é favorito diante do Cuiabá, mas não é um favoritismo absoluto. Perder para Inter e Flamengo seria natural. Resta ao time de Carille confirmar o fator casa e fazer seis pontos jogando na Vila. Vai ter bola para bater os arrumados Fortaleza e Cuiabá?

Para preocupar ainda mais, o Santos tem um jogo a mais que todos os seus concorrentes (Grêmio, Bahia, Juventude, Atlético-GO, São Paulo e Athletico-PR). A reta final do Brasileiro deve ser de fortes emoções na Vila.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa