Reencontro do argentino com o Rei, no Maracanã. Foto: Divulgação

Reencontro do argentino com o Rei, no Maracanã. Foto: Divulgação

Andrada, goleiro argentino que estava na meta do Vasco da Gama no dia em que Pelé fez seu milésimo gol, morria há exatamnte um ano, aos 80 anos de idade. A causa da morte não foi divulgada. Ele estava em sua cidade natal, Rosário.

Edgrdo Norberto Andrada, que nasceu em 2 de janeiro de 1939, começou sua carreira profissional pelo Rosário Central em 1960, permanecendo no clube argentino até trasferir-se para o Vasco da Gama, em 1969.

Depois de defender o Cruzmaltino, Andrada foi goleiro de outro clube brasileiro, o Vitória-BA (1976) para depois retornar ao futebol argentino pelo Colón, onde permaneceu entre 1977 e 1982, ano em que encerrou sua carreira.

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE ANDRADA NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

CLIQUE AQUI e veja uma matéria especial sobre o milésimo gol de Pelé, sofrido por Andrada em 19 de novembro de 1969, no Maracanã.

 


Andrada no gol tenta defender o pênalti batido por Pelé. Foto reprodução da Revista Placar


Em pé, após um membro da comissão técnica estão: Andrada, Haroldo, Renê, Alcir Portella, Miguel e Alfinete. Agachados: Luis Carlos, Buglê, Ferretti, Benetti e Gilson Nunes. Foto enviada por Raul Marques Benetti


Na imagem, à esquerda de Pelé, aparece Andrada, e à direita está Fernando


Em pé: Andrada, Joel Santana, Rossi, Alcir, Batista e Fidélis. Agachados: Santa (massagista), Jailson, Buglê, Tião, Silva e Kosilek. Foto reprodução Revista Placar enviada por Walter Roberto Peres


Vascaíno com sotaque espanhol. Foto reprodução: A Revista Oficial do Club de Regatas Vasco da Gama


Os jogadores do Vasco saudando a torcida em 1970, no Maracanã. Da esquerda para a direita, o segundo é Silva e o terceiro é Rossi. Os quatro últimos são: Alcir, Fidélis, Kosilek e Andrada. Foto enviada por Walter Roberto Peres e publilcada na Revista Placar


Em pé: Andrada, Fidélis, Eberval, Gaúcho, Moisés e Renê. Agachados: Marco Antonio, Buglê, Ferretti, Luis Carlos e Gilson Nunes. Foto enviada por Walter Roberto Peres e publicada na Revista Placar


Em pé: Andrada, Renê, Paulo César, Alcir, Miguel e Eberval. Agachados: Marco Antonio, Roberto Dinamite, Tostão, Silva e Gilson Nunes. Foto enviada por Walter Roberto Peres e publicada na Revista Placar


A equipe vascaína que disputou o Brasileirão de 1973. Em pé, da esquerda para a direita, vemos: Andrada, Paulo César, Alcir, Renê, Moisés e Alfinete. Agachados: Luis Fumanchu, Gaúcho, Roberto Dinamite, Zanata e Luís Carlos. A foto, da revista Manchete, foi enviada por Walter Roberto Peres, pesquisador de Santos-SP.


Vasco campeão carioca de 1970 em foto da revista Placar. Em pé estão Andrada, Alcir, Clóvis, Moacir, Eberval e Fidélis; agachados vemos pai Santana, Jáilson, Buglê, Valdrido, Silva e Gílson Nunes. Foto enviada ao site pelo internauta Walter Peres


Andrada, na meta do Vasco, no Maracanã, em 1969.


Foto enviada pelo historiador Walter Roberto Peres mostra um Vasco de 1971. Em pé: Andrada, Moisés, Miguel, Afonsinho, Alfinete e Fidélis. Agachados: um ponta não identificado, Buglê, Ferreti (ex-Santos), Alcir e Rodrigues.


Em pé: o massagista Chico, Andrada, Fidélis, Alcir, Moacir, Dutra e Ferreira. Agachados: Nado, Valfrido, Benetti, Danilo Menezes e Acelino.


O rei cobra o pênalti que resultou em seu milésimo gol. O goleiro Andrada se estica todo, mas não evita a festa de 70 mil pessoas no Maracanã


Reunião de craques no Vitória da Bahia no final da década de 1970. Da esquerda para a direita estão Andrada, Osni e Fischer


Este Vasco conquistou o Campeonato Brasileiro de 1974 de forma surpreendente, já que antes de a competição começar, não era apontado como favorito. Teve a estrela de Roberto Dinamite, que explodiu para o futebol naquele ano aos 20 anos. Esta foto é dia em que o time bateu o Cruzeiro por 2 a 1 no Maracanã e deu a volta olímpica. Em pé estão Andrada, Miguel, Alcir, Fidélis, Moisés e Alfinete; agachados vemos Jorginho Carvoeiro, Zanata, Ademir, Roberto Dinamite e Luís Carlos.


O último time de Tostão antes de encerrar a carreira. Em pé estão Andrada, Puruca, Alcir, Moisés, Miguel e Eberval; agachados vemos Jorginho Carvoeiro, Buglê, Silva, Tostão e Ademir. Fonte: site do Vasco da Gama


O Vasco posando para foto no Maracanã. Em pé estão Andrada, Paulo Cesar, Joel Santana, Alcir, Moisés e Alfinete; agachados vemos Jorginho, Gaúcho, Silva, Tostão e Marco Antônio


Da esquerda para a direita: Valdir Appel, Raul Plassmann, um amigo e Andrada.


O nostálgico encontro aconteceu em abril de 2007.


Valdir Appel (à esquerda), durante lançamento, em Brusque (SC), de seu livro autobiografia e de histórias de futebol "Na Boca do Gol", recebe homenagem dos também ex-goleiros Raul Plassmann e Andrada (ao fundo).


Pelé reencontra Andrada, o goleiro que levou seu milésimo gol em 19 de novembro de 1969. O palco não poderia ser outro: o gramado do Maracanã


Em pé: Andrada, Haroldo, Miguel, Moisés, Eberval, e Alcir Portela. Agachados: Suingue, Buglê, Luís Carlos, Silva e Marco Antônio


O Vasco em 1975, no Maracanã. Em pé, da esquerda para a direita: Andrada, Paulo César, Renê, Alcir Portella, Miguel e Alfinete. Agachados: Dé, Jair Pereira, Zanata, Roberto Dinamite e Luis Carlos e o massagista Santana. Foto: Divulgação


Andrada e Valdir Appel, dois ex-goleiros do Vasco. Foto: arquivo pessoal de Valdir Appel


Combinado Vitória/Fluminense, que no dia 13 de junho de 1976 derrotou um combinado de jogadores estrangeiros, por 3 a 1. Em pé: Andrada, Carlos Alberto Torres, Carlos Alberto Pintinho, Joãozinho, Altivo e Rodrigues Neto. Agachados: Osni, Rivellino, Paulo Cézar Caju, Fischer, Dirceu e Gaguinho (massagista).


Vasco 1974: Em pé: Andrada, Miguel, Moisés, Alcir, Fidélis e Alfinete. Agachados: Pai Santana, Jorginho Carvoelro, Luis Carlos, Zanata, Roberto Dinamite e Galdino.


Alguns dos destaques do futebol carioca no começo dos anos 70. Andrada, Marco Antônio, Jairzinho, Paulo Cézar Caju, Jorge Mendonça e Edu Coimbra. Reprodução


Nivaldo de Cillo e o ex-goleiro Andrada. Foto: arquivo pessoal


Reencontro de Andrada, Pelé e Manoel Amaro de Lima no Maracanã. Foto: ASSOPHIS (Associação dos Pesquisadores e Historiadores do Santos F.C)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa