Centroavante brilhou no Tricolor Gaúcho. Foto: Reprodução

Centroavante brilhou no Tricolor Gaúcho. Foto: Reprodução

Há exatos cinco anos morria Alcindo, maior artilheiro da história do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, com 264 gols marcados, 38 a mais que o também saudoso Tarciso, o segundo do ranking do clube gaúcho.

Ele tinha 71 anos e estava hospitalizado com um grave quadro de diabetes, razão de seu óbito.

Gáucho de Sapucaia do Sul, região metropolitana de Porto Alegre, Alcindo  Martha de Freitas, o Alcindo Bugre, como ficou conhecido, atuou pelo Tricolor Gaúcho entre 1964 e 1971 e em 1977, após iniciar profissionalmente pelo Rio Grande, em 1963.

Aliás, no Grêmio, conquistou o pentacampeonato estadual entre 1964 e 1968 e voltou a vencer o Gauchão em 1977.

Foi o único jogador gremista relacionado para representar a Seleção Brasileira na Copa da Inglaterra, em 1966.

Ainda defendeu o Santos por um breve período, entre 1972 e 1973, conquistando o Campeonato Paulista no último ano em que defendeu o clube da Vila Belmiro, no título que acabou sendo dividido com a Portuguesa de Desportos.

Em seguida atuou no México, vestindo as camisas do Jalisco e do América, onde conquistou o título mexicano em 1976. Retornou ao Grêmio para sua última passagem pelo clube em 1977 e encerrou sua carreira em 1978, pela Francana (SP).

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A HISTÓRIA DE ALCINDO NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

Em pé, da esquerda para a direita, Everaldo, Jorge Luiz, Félix, Dias, Clóvis, Jurandir e Sadi. Agachados, da esquerda para a direita, Nocaute Jack, Mário Tilico, Alcindo, Ivair, Paes, Volmir, Edu e Mário Américo.


Da esquerda para a direita: Paulo Henrique, Zito, Brito, Fontana, Gylmar, Alcindo, Amarildo, Lima, Pelé, Fidélis, Jairzinho e Mário Américo. Foto: Revista "Era Pelé"


Enquanto Pelé disputa a posse da bola com o adversário, Alcindo, seu colega de ataque, observa o lance. Foto: Reprodução/Revista do Santos


Alcindo não aparece nesta foto, mas ela vale pelo registro, pois este e o A.C.Lansul, da cidade de Esteio-RS. Foi por este clube que Alcindo jogou pela primeira vez, antes de atuar no Grêmio. Foto enviada por Carlos Argenti Pereira


Da esquerda para a direita, Manga é o primeiro, Alcindo é o terceiro e Valdir Joaquim de Moraes o último, nas belas instalações em que a Seleção Brasileira se concentrou, em 1966. Foto: arquivo pessoal de Valdir Joaquim de Moraes


Concentração da Seleção Brasileira na bela cidade de Teresópolis, no Rio de Janeiro. O primeiro é Tostão e o terceiro é Alcindo. Foto; arquivo pessoal de Valdir Joaquim de Moraes


Dino Sani, Garrincha e Alcindo, em viagem com a Seleção Brasileira. Foto: Reprodução/In My Ear


Na imagem, Alcindo, ex-Grêmio, e Bráulio, ex-Inter, posam juntos para a divulgação de um evento em Porto Alegre. Foto: Reprodução


Em pé, da esquerda para a direita: Murilo, Manga, Brito, Fontana, Oldair e Roberto Dias. Agachados: Garrincha, Alcindo, Silva Batuta, Fefeu e Rinaldo. Foto enviada por Walter Roberto Peres


Em pé, da esquerda para a direita: Cláudio, Léo Oliveira, Carlos Alberto Torres, Marinho Peres, Hermes e jogador não identificado (alguém nos ajuda?). Agachados: o massagista Beraldo, Jair da Costa, Brecha, Alcindo, Pelé e Edu. Foto: Arquivo pessoal de Beraldo Linhares


Em 2011, o querido Alcindo com seus três filhos. Em pé: Ray e o papai Alcindo. Agachados estão Dayó e Yur. Foto: Zero Hora - 17 de junho de 2011


Pelé e Alcindo durante a partida disputada entre Brasil 2x1 Tchecoslováquia, no dia 12 de junho de 1966, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Foto enviada por Roberto Saponari


Em 1966, vésperas da Copa na Inglaterra, a Seleção Brasileira treinava em Poços de Caldas, no Estado de Minas Gerais, em pé: Djalma Santos, Bellini, Manga, Edson Cegonha, Fontana e Dudu. Agachados: Nado, Fefeu, Alcindo, Tostão, Edu e Pai Santana. Crédito da Foto: Blog do Michel Laurence


Em pé: Murilo, Manga, Brito, Fontana, Oldair e Roberto Dias; Agachados: Garrincha, Alcindo, Silva, Fefeu e Rinaldo; Fonte: Blog do Michel Laurence /iG


Em pé, da esquerda para a direita: Arce, Lara, Airton, Calvet, Everaldo e Dinho. Agachados: Ronaldinho, Gessi, Renato, Alcindo e Éder. Técnico: Luiz Felipe Scolari. Foto: Revista Placar


Na foto estão: Alcindo, Zé "Cuié" e Pelé.


Da esquerda para a direita: Flávio, Alcindo, Flecha e Volmir. Escurinho está sentando ao lado da amiga Delma Ribeiro. Foto: Jones Lopes/Reprodução Zero Hora


Da esquerda para a direita: o primeiro é Edu (bem no cantinho, de barba0, o segundo é Afonsinho, o quarto é Alcindo, o quinto é Pelé e o sétimo é Oberdan. Foto enviada por Walter Roberto Peres e publicada na Revista Placar


Na foto, ídolos "imortais" do Grêmio: o primeiro da esquerda para à direita é o ex-zagueiro Airton Pavilhão, o escritor Antônio Mesquita, o ex-atacante Alcindo e Ancheta, ex-beque do Tricolor Gaúcho. Foto enviado por Antônio Mesquita


Focos da briga generalizada que tomou conta do gramado do Beira Rio no Gre-Nal de maio de 1969. O goleiro Gainete e Alcindo à esquerda da foto, Carlitos e Everaldo ao centro


Alcindo na ensolarada Caxambú, em 1966, dando autógrafo às estduantes. A foto foi enviada por Walter Roberto Peres


Esta reportagem enviada ao site pelo internauta Walter Peres mostra que o Grêmio não se importou de abrir o cofre para renovar o contrato com Alcindo


Em pé, da esquerda para a direita: Sérgio Lopes (2º.), Alcindo (3º.) Oscar Amaro (5º.), Volmir (antepenúltimo, de paletó claro) e Alberto (o penúltimo). Agachados: Airton Pavilhão (com a mão no chão), Everaldo (no meio, de paletó e gravata pretos). O penúltimo é Joãozinho (com a mão na mala).


Em pé: Everaldo, Cléo, Paulo Souza, Altemir, Áureo e Alberto. Agachados: Babá, Joãozinho, Alcindo, Jadir, Volmir e o massagista Ataíde.


Grêmio, 1967 ? hexacampeão gaúcho. Em pé: Arlindo, Everaldo, Cléo, Ari Ercílio, Altemir e Áureo. Agachados: Babá, Joãozinho, Alcindo, Sérgio Lopes e Volmir.


Vejam a Seleção Brasileira que disputou a Copa do Mundo de 1966 com autógrafos dos craques que fizeram água em campos da Inglaterra. Vemos Gylmar, Djalma Santos, Fidélis, Bellini, Brito, Altair, Orlando, Paulo Henrique, Rildo, Pelé, Gérson, Manga, Denílson, Lima, Zito, Garrincha, Jairzinho, Alcindo, Silva, Tostão, Paraná e Edu


Veja o elenco do Santos, em 1973, na neve de Nuremberg (ALE). Sem sol, a foto ficou escura, mas de pé, vemos: Alcindo, Pelé, Zé Carlos Cabeleira, Carlos Alberto Torres, dois jogadores não identificados, o técnico Pepe e o goleiro Cláudio. Agachados: Mané Maria (o terceiro), Brecha, Vicente e Marinho Peres (os três últimos).


Veja Alcindo em ação na Copa do Mundo de 1966. No dia 15 de julho, no estádio Goodison, na cidade de Liverpool, a Seleção Brasileira enfrentou a Hungria e perdeu por 3 a 1. A imagem em que aparece o "Tanque" gaúcho é do gol brasileiro na partida, anotado por Tostão. O site da CBF diz que o lance acima é o gol de Tostão em 1966 (Hungria 3 x 1 Brasil), mas tá me parecendo é o gol que Alcindo perdeu, no 1 a 1, com o goleiro Gelei batido e o zagueiro Kaposzta só torcendo com os olhos. Foto crédito: site CBF


Foto de dezembro de 1973 mostra Edu, Alcindo e Brecha com a camisa do Santos antes de amistoso em Riad, na Arábia Saudita


Alcindo, Milton Neves e Airton Pavilhão em 2000 no Troféu "Melhores do Esporte" em Porto Alegre


Os três amigos bem alinhados numa noite de festa


Em pé: Everaldo, Valdyr Espinosa, Jadir, Áureo, Ari Ercílio e Alberto. Agachados: Hélio Pires, João Severiano, Alcindo, Sérgio Lopes e Volmir. O mascote é Roberto Augusto Tomé, hoje jornalista esportivo de TV.


Alcindo, no dia 8 de maio de 2000, no Troféu "Melhores do Esporte".


Da esquerda para a direita: Escurinho, Osmar, Pinga, Alcindo, Jairão (em pé), Jurandir e Flecha.


Da esquerda para a direita, em Porto Alegre, em julho de 2007: Alcindo, Jurandir (sentado), Jairão (em pé), Flecha, Cedenir, Tovar (encoberto) e Bráulio.


Da esquerda para a direita: Gylmar dos Santos Neves, Milton Neves e Alcindo.


Em pé: Everaldo, Espinosa, Jadir, Áureo, Ari Ercílio e Alberto. Agachados: Hélio Pires, João Severiano, Alcindo, Sérgio Lopes e Volmir.


Alcindo, Milton Neves e Airton Pavilhão, quando da entrega do Troféu Melhores do Ano, no Grêmio Náutico União, em Porto Alegre-RS. O evento aconteceu no dia 8 de maio de 2000.


1972, em Guadalajara (MEX): Amauri (ex-Santos e Fla), Alcindo Bugre e Abel. A menina é a filha mais velha de Abel e o garoto é Abel Verônico da Silva Neto, o Abel Neto, excelente repórter esportivo.


Em pé: Fidélis, Zito, Gylmar, Brito, Fontana e Paulo Henrique. Agachados: Mário Américo, Jairzinho, Lima, Alcindo, Pelé e Amarildo.


Em pé: Cejas, Orlando Lelé, Oberdan, Paulo, Clodoaldo e Zé Carlos. Agachados: Edu, Afonsinho, Alcindo, Pelé e Ferreira.


 


Santos em excursão à Europa em março de 1973. Em pé: Carlos Alberto Torres, Marçal, Pitico, Hermes e Claudio Mauriz. Agachados: Willians, Alcindo, Zé Carlos e Manoel Maria.


Foto do primeiro Gre-Nal no Robertão, dia 5 de março de 1967. Em pé: Alberto, Gainete, Cleo, Altemir, Sadi, Aírton Pavilhão, Scala, Sérgio Lopes, Luiz Carlos, Everaldo, Élton, Áureo e Laurício. Agachados: Carlitos, Alcindo, Bráulio, Joãozinho, Davi, Babá, Lambari, Volmir e Dorinho.


Zé Carlos, Edu, Alcindo, Carlos Alberto e Pelé em Londres, no dia 11 de março de 1973, no dia seguinte o Santos perdeu do Fulham por 2 a 1, com seu gol marcado por Pelé


Registro histórico do último gol de Garrincha pela seleção brasileira, em cobrança de falta diante da Bulgária, na Copa de 1966. Na imagem, o goleiro Naidenov tenta alcançar a bola e Alcindo, o camisa 18 do Brasil, apenas observa


O Santos foi à Florianópolis disputar um amistoso contra o Avaí em 15 de agosto de 1972, no Estádio Adolfo Konder, e venceu por 2 a 1. Alcindo (1945-2016), que está ao lado de Pelé na foto, marcou os dois gols do Peixe e Lica descontou para os catarinenses. Atrás de Alcindo está Orlando Lelé (1949-1999), e à direita, sendo entrevistado, Edu. Foto publicada no Facebook da ASSOPHIS


Em 1973, treino do Santos em excursão na Europa. Atrás, à esquerda, estão Alcindo, Jair e Edu. À frente: Manuel Maria, Hermes, Murias, Pelé, Carlos Alberto Torres e Zé Carlos Cabeleira. Foto enviada por Wesley Miranda


O Santos fez um amistoso contra o Al Nasser (equipe dos Emirdos Árabes no dia 22 de fevereiro de 1973, e venceu por 4 a 1 (gols de Alcindo, Edu, Manoel Maria e Pelé. Awad descontou para o time árabe. Na foto, Edu não aparece, apesar de ter jogodo e marcado gol. Da esquerda para a direita, após o árbitro (ou bandeira): Clodoaldo, Murias, Léo Oliveira, Pelé, Alcindo, Marçal, Manoel Maria, Marinho Peres, Pitico e Willians.. De acordo com o Almanaque do Santos , de Guilherme Nascimento, o campo era de terra batida (como é possível notar), não havia arquibancada e o vestiário do Santos foi montado em uma barraca


Homenagem da Cereser ao Alcindo, em 2015. Foto: reprodução


Grêmio, de 1968. Da esquerda para a direita, em pé: Everaldo, Valdir Espinosa, Jadir, Áureo, Ari Ercílio e Alberto. Agachados: Hélio Pires, João Severiano, Alcindo, Sérgio Lopes e Volmir. Foto enviada por José Eustáquio

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa