Peixe marcou partida contra o Táchira para o estádio do tricolor, que não pretende ceder o campo. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Peixe marcou partida contra o Táchira para o estádio do tricolor, que não pretende ceder o campo. Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Santos. Tem um problema importante para resolver visando a disputa das oitavas d final da Copa Sul-Americana. Sem poder utilizar a Vila Belmiro, já que o estádio não tem a capacidade mínima exigida pela Conmebol para essa fase do torneio, o Peixe busca uma sede para mandar sua partida diante do Deportivo Táchira. O campo escolhido inicialmente pelo Peixe foi o Morumbi, mas o São Paulo não está disposto a ceder sua casa.

De acordo com o GE, o Santos colocou no caderno de encargos da Conmebol os nomes do Morumbi e da Arena Barueri como opções para mandar os confrontos de mata-mata, já que a Vila não pode ser utilizada após a fase de grupos. Na última terça-feira (30), a Conmebol definiu dias, horários e locais dos confrontos da fase oitavas de final e anunciou que o Santos enfrentará o Táchira, no dia 6 de julho, às 21h30, no Morumbi.

O São Paulo, segundo a reportagem, não foi avisado da decisão santista de levar a partida para seu estádio e não pretende ceder ou alugar o Morumbi. Um dia após partida santista, o Tricolor também tem duelo marcado pela Sul-Americana em sua casa: o time de Rogério Ceni enfrenta a Universidad Católica, e teme que o gramado fique prejudicado.

Surpreendido com a notícia, o São Paulo, de acordo com o GE, até aceita liberar o Morumbi caso haja uma mudança nas datas da partida. A tendência, no entanto, é que o Santos busque outro campo para mandar sua partida.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa