José Carlos Peres é acusado de “enriquecimento ilícito” pela atual gestão santista. Foto: Ivan Storti/Santos FC

José Carlos Peres é acusado de “enriquecimento ilícito” pela atual gestão santista. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Uma das gestões mais polêmicas na história do Santos continua repercutindo na Vila Belmiro. O clube entrou na justiça contra o ex-presidente José Carlos Peres, alegando suposto enriquecimento ilícito.

De acordo com informações do jornal A Tribuna, de Santos, o Peixe acionou a justiça cobrando R$ 175.247,47 de Peres. O valor envolve quantias gastas no cartão corporativo do clube e segundo a atual gestão, que se baseia em relatórios do Conselho Deliberativo, há gastos realizados em farmácias, supermercados e passagens aéreas.

Na última segunda-feira (22), o juiz Paulo Sérgio Mangerona negou o pedido do Peixe por tutela de urgência e bloqueio de bens. O processo corre na 1ª Vara Cível do Foro de Santos.

Peres foi eleito em 2017 e presidiu o Santos até novembro de 2020, quando sofreu o impeachment.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa