Sócio majoritário da Raposa ainda detalhou a situação financeira complicada do clube. Foto: Rodrigo Sanches/Cruzeiro

Sócio majoritário da Raposa ainda detalhou a situação financeira complicada do clube. Foto: Rodrigo Sanches/Cruzeiro

Pouco mais de vinte dias após oficializar a aquisição da maior parte das ações do Cruzeiro, Ronaldo Nazário falou pela primeira vez como sócio majoritário do clube. Em sua primeira entrevista coletiva a frente da Raposa, o Fenômeno teve que explicar a saída do goleiro e ídolo Fábio, que vestiu a camisa celeste por 15 anos e deixou a Toca da Raposa na última semana.

Ronaldo destacou que a situação encontrada no clube é complicadíssima, e que a nova gestão fez o que foi possível para manter o goleiro para que ele tivesse tempo de se despedir da torcida.

“O Fábio foi e vai ser sempre um ídolo para o Cruzeiro e para a torcida. Diante do cenário atual, fizemos um esforço muito grande para oferece ruma proposta decente para ele respeitando sua historia, sua trajetória no clube. E infelizmente durante a negociação houve uma negativa por parte dele, o que também nos pegou de surpresa. Mas entendemos que todo o sacrifício que deveríamos ter feito, foi feito. E temos que virar a página, seguir adiante. Os desafios são gigantes e cada dia que abrimos uma gaveta encontramos uma supressa negativa”, comentou Ronaldo.

“Todo o esforço que a gente poderia ter feito para manter o Fabio e oferecer um período para ele se despedir da torcida, da casa que foi sua por muitos anos, foi feito. É uma pena que não chegamos a essa acordo”, lamentou.

A nova gestão ainda está em fase de transição e, segundo Ronaldo, o cenário encontrado é dos piores.

“Infelizmente o cenário hoje é bem complicado, com receitas dos próximos dois anos já antecipadas e inclusive gastas. Encontramos um cenário trágico no clube, mas temos que estancar o sangramento”, declarou.

“Diria que o Cruzeiro é um paciente em estado grave, na UTI, e estamos oferecendo o tratamento necessário para que saia dessa situação. Vamos fazer o máximo para que o Cruzeiro volte a ser o clube grande que merece ser”, completou o Fenômeno, que confessou ter encontrado uma situação muito pior do que imaginava ao assumir o clube.

“Ela (a situação financeira) é muito pior do que eu imaginava. É importante que estejamos todos na mesma pagina pra entender que a situação do clube é realmente muito difícil. Mas tenho certeza que com essa gestão eficiente, com um novo planejamento de marketing, e pincipalmente com o apoio da nossa torcida, vamos conseguir receitas novas, vamos cumprir com os pagamentos das dívidas”, disse.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa