Dirigente do Galo explicou que valores pedidos pelo Santos foram “impraticáveis”. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Dirigente do Galo explicou que valores pedidos pelo Santos foram “impraticáveis”. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Durante desabafo em que revelou o desejo de ter sido negociado pelo Santos no final da temporada 2020, Marinho confirmou ter recebido proposta do Atlético-MG e do Palmeiras. Questionado sobre o assunto, o executivo de futebol do Galo confirmou o interesse no jogador santista, mas explicou que a situação eram “impraticável” e foi logo descartada.

Em entrevista ao site Goal, Rodrigo Caetano explicou que tanto Sampaoli quanto Cuca mostraram interesse em contar com Marinho, mas os valores estabelecidos pelo Santos impediram qualquer avanço nas negociações e com isso o nome do jogador não foi mais comentado no clube mineiro.

“Não voltou à pauta e não voltará. Foi realmente uma consulta que fizemos, em meados de fevereiro, ainda dentro das solicitações do professor Sampaoli e depois com o Cuca, por também já ter trabalhado com ele. É sempre um jogador de altíssimo nível, desequilibrante, mas aí os números eram impraticáveis, impossíveis de competir. A gente fez uma consulta, lá atrás, mas obviamente que não avançou”, explicou Rodrigo Caetano.

O diretor atleticano ainda comentou a possibilidade do zagueiro David Luiz jogar no Galo. Segundo Caetano, o nome do defensor está descartado e que o grupo do Atlético está fechado.

“Posso cravar que, provavelmente, não chegará mais ninguém. Estamos satisfeitos com o grupo”, disse.

“Não, momento nenhum (interesse em David Luiz). A gente entende que hoje, uma das melhores contratações que fizemos foi a manutenção do elenco", completou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa