Treinador flamenguista assumiu a responsabilidade pela eliminação na Copa do Brasil. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Treinador flamenguista assumiu a responsabilidade pela eliminação na Copa do Brasil. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Após eliminação diante do Athletico-PR, na semifinal da Copa do Brasil, em jogo disputado no Maracanã, na noite da última quarta-feira (27), Renato Gaúcho colocou o cargo de treinador à disposição da diretoria do Flamengo.

De acordo com informações do GE, ainda no Maracanã, Renato entregou o cargo aos diretores rubro-negros. A cúpula do Mengão, porém, recusou a demissão do técnico e decidiu mantê-lo no cargo.

Segundo a publicação, Renato assumiu a responsabilidade pelo desempenho ruim da equipe e pela eliminação, ao ser derrotado por 3 a 0 pelo Furacão. Em conversa com os homens fortes do futebol flamenguista, Marcos Braz e Bruno Spindel, o treinador foi convencido a ficar no clube.

Ainda segundo o GE, cresce cada vez mais a desconfiança no elenco do Fla sobre o trabalho do treinador gaúcho e o clima no clube não é bom.

Após a conversa com a direção, Renato voltou a assumir a responsabilidade pela queda na Copa do Brasil em entrevista coletiva.

“Se tem um culpado aqui, esse único culpado sou eu. Responsabilidade toda minha. O grupo não teve culpa de nada. O Athletico foi quatro vezes e conseguiu fazer três gols. O Flamengo criou mais de 20. Um time desorganizado não consegue criar assim”, disse o treinador.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa