Ex-camisa 10 tricolor ainda rende perguntas aos dirigentes do clube. Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Ex-camisa 10 tricolor ainda rende perguntas aos dirigentes do clube. Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

A saída de Daniel Alves do São Paulo já tem mais de um mês, mas ainda repercute no futebol brasileira. O jogador, que rescindiu com o Tricolor após acumulo de dívida milionária é tema constante em entrevistas dos dirigentes são-paulinos e quem comentou dessa vez foi o presidente Julio casares.

Em entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN Brasil, Casares explicou a saída do ex-camisa 10 e disse que o patamar financeiro de Dani não é compatível com o futebol brasileiro e com o São Paulo.

“Daniel Alves é um jogador indiscutível. De categoria internacional, ganhador, vencedor. E claro que é um grande jogador e foi recebido pela torcida do São Paulo com o Morumbi quase que lotado. Entretanto na época, quando ele foi contratado, na antiga gestão, nos foi garantido que tinha um plano de marketing interno e outro externo. Isso não aconteceu. Isso se agravou com pandemia, com a falta de público no estádio, que é outra receita. E nós tivemos uma situação que o salário do Daniel Alves era incompatível com o futebol brasileiro e, principalmente, com a realidade do São Paulo”, disse o dirigente.

“O Daniel é um grande jogador. O que ele fala é de responsabilidade dele. Nós nos mantemos respeitando a instituição e o atleta. E o Daniel foi feliz porque foi campeão nessa gestão, com a gente. Campeão Paulista. E não tinha sido campeão no São Paulo”, declarou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa