Os advogados de Jones afirmam que a acusação é falsa e que não passa de uma tentativa de envergonhar o empresário

Os advogados de Jones afirmam que a acusação é falsa e que não passa de uma tentativa de envergonhar o empresário

O dono do Dallas Cowboys, Jerry Jones, pode ter sérios problemas com a polícia. Aos 71 anos, o empresário foi acusado de assédio sexual por uma ex-dançarina erótica.

De acordo com o jornal Dallas Morning News, Jana Weckerly acusa o proprietário do time da NFL de agredi-la em junho de 2009, após ela resistir a diversas investidas de Jones. Assim, a ex-dançarina entrou com uma ação judicial pedindo mais de R$ 2 milhões por danos morais.

A noite da suposta agressão teria sido a mesma em que o dono dos Cowboys apareceu em fotos "picantes" com duas mulheres em um banheiro. Jana teria sido responsável pelas imagens e por vazar o conteúdo para os sites de fofoca americanos.

Os advogados de Jones afirmam que a acusação é falsa e que não passa de uma tentativa de envergonhar o empresário.

"Vamos contestar vigorosamente esta queixa e esperamos mostrar o que ela é: uma mercenária. Devido à gravidade destas alegações infundadas, vamos utilizar a justiça também", afirmou o responsável pela defesa de Jerry Jones.

Foto: UOL

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa