Treinador alvinegro destacou a preocupação com possíveis lesões no Timão. Foto: Rodrigo Gazzanel

Treinador alvinegro destacou a preocupação com possíveis lesões no Timão. Foto: Rodrigo Gazzanel

Depois de ser derrotado pela Ponte Preta, na noite da última quinta-feira (30), pelo Campeonato Paulista, o Corinthians tem dois grandes desafios pela frente. O Timão enfrenta o Santos no próximo domingo, às 11h, na Arena Corinthians, naquele que será o primeiro clássico da equipe em 2020; na sequência foca sua atenção para a Libertadores já que no dia 5, visita o Guaraní em Assunção, em jogo válido pela fase eliminatória do torneio.

Questionado sobre qual é a prioridade nesse momento e se poderia poupar os jogadores titulares no clássico alvinegro, Tiago Nunes indicou que pode escalar um time alternativo.

“Não sou da filosofia de poupar. Quem tiver condições de jogar, tem que estar pronto. São poucas horas de recuperação para o jogo, o Santos também vai sentir isso. Temos um enfrentamento muito importante na quarta-feira, contra o Guaraní, que define uma oportunidade de entrar na Libertadores. Vou consultar o departamento físico e médico. Quem não estiver com condições para atuar com qualidade contra o Santos, vou tirar. Quem estiver com condições físicas, recuperar, vai estar em campo”, explicou o treinador corintiano na coletiva após o jogo contra a Ponte Preta.

“Minha preocupação maior é com as lesões, não com o cansaço”, comentou o técnico que perdeu Ramiro lesionado logo no início do jogo diante da Ponte. “A preocupação é que ninguém machuque. Nosso grupo é enxuto, de certa maneira. E acaba oportunizando a entrada de jovens, como o Madson, que entrou bem. Vamos com calma para ver o que o futuro nos reserva”, completou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa