Então pelo Botafogo, no Maracanã. Foto: Revista Placar

Então pelo Botafogo, no Maracanã. Foto: Revista Placar

Um dos grandes goleiros do futebol brasileiro, Ubirajara Motta completa 85 anos neste sábado (4).

Carioca, nascido em 4 de setembro de 1936, Ubirajara Gonçalves Motta começou sua carreira pelo Bangu, em 1957, permanecendo em Moça Bonita até 1967, ano em que esteve emprestado ao Huston Stars, dos Estados Unidos, para depois defender a meta do Botafogo (RJ) entre 1968 e 1971 e em seguida vestir a camisa do Flamengo, este seu último clube, de 1972 a 1977.

Conquistou títulos estaduais pelos três clubes cariocas: Bangu (1966); Botafogo (1968) e Flamengo (1972 e 1974).

Atualmente aposentado, reside no bairro carioca da Tijuca, após ter trabalhado como contador.

Um homônimo, Ubirajara Alcântara, também foi goleiro e jogou no Flamengo e no Botafogo (RJ), entre outros, entre as décadas de 1960 e 1970.

Pedro Rocha, de costas, dividindo uma bola com o goleiro do Botafogo, Ubirajara Motta. Crédito da foto: Site Oficial do São Paulo Futebol Clube.


Este time do Bangu deu muitas felicidades. Da esquerda para a direita, em pé: Mário Tito, Ubirajara, Luiz Alberto, Ari Clemente, Jaime e Fidélis. Agachados: Paulo Borges, Cabralzinho, Norberto, Jair e Aladim. Arquivo Família Safioti


Em dezembro de 1963, com seu companheiro de equipe, o goleiro Ubirajara (à direita da foto), Mateus (à esquerda da foto) comenta a atuação do Bangu no Campeonato Carioca da época. Foto reprodução da revista A Gazeta Esportiva Ilustrada


Em pé, da esquerda para a direita, Ademir da Guia aparece em segundo, seguido pelo goleiro Ubirajara. Foto: Walter Peres


Em pé: Moreira, Ubirajara, Nei Conceição, Moisés, Leônidas e Valtencir. Agachados: Rogério, Paulo César Caju, Ferretti, Nílson Dias e Torino. Foto enviada por Walter Roberto Peres e publicada na "Revista Manchete"


Em pé, da esquerda para a direita: Joel Martins, Ubirajara, Darci Faria, Rubens, Zózimo e Nilton dos Santos. Agachados: Corrêa, Vermelho, Décio Esteves, Valter e Beto. A foto nos foi enviada pelo querido José Eustáquio Rodrigues Alves, de Patos de Minas-MG.


Um belo time do Botafogo, no Maracanã. Em pé: Mura, Ubirajara Motta, Brito, Djalma Dias, Nei Conceição e Valtencir. Agachados: Zequinha, Paulo César Caju, Nei Oliveira, Roberto Miranda e Galdino. Foto enviada por Walter Roberto Peres e publicada na Revista Placar


Pose do goleiro, com duas grossas camisas, de golas grandes. Reparem que ele usa uma correntinha com um crucifixo, permitida naquela época. Foto enviada por Walter Roberto Peres e publicada na Revista Placar


Uma formação brasileira antes da Copa da Inglaterra. Em pé: Fidélis, Ubirajara Motta, Denílson, Ditão, Altair e Édson Cegonha. Agachados: Nado, Lima, Célio, Tostão e Edu. Foto enviada por Walter Roberto Peres e publicada na Revista Placar


Cena "histórica" da briga no segundo tempo de Bangu 3 x 0 Fla, na decisão do Campeonato Carioca de 1966. Da esquerda para a direita: Jaime, Sansão (o árbitro), Almir (levando uma "gravata"), Ubirajara Motta (autor da "gravata"), Carlinhos (o número 5, de costas para Ubirajara Motta), Ocimar (de boca aberta), Murilo (entre Carlinhos e Ocimar) e Luís Alberto (o "magrinho", no canto direito). Quem mandou a foto foi Marcus Rouanet Machado de Mello.


Time do Botafogo em 1970 que atuou no "Robertão". Em pé, da esquerda para a direita: Moreira, Ubirajara, Nei Conceição, Moisés, Leônidas e Valtencir. Agachados: Zequinha, Careca, Roberto, Jairzinho e Paulo César Caju. Fonte: revista "O Cruzeiro"


Bangu (RJ), 1961. Em pé: Joel, Ubirajara, Zózimo, Romeu, Ananias e Nilton dos Santos. Agachados: Zé Maria, Bianchini, Ademir da Guia (O Divino), Valter e Vermelho


Bangu, 1960, campeão do Torneio de Nova Iorque. Em pé: Joel, Ubirajara, Faria, Ananias, Zózimo e Nilton dos Santos. Agachados: Correia, Zé Maria, Luis Carlos, Ademir da Guia e Beto.


Em 2004, campeões cariocas de 1966 pelo Bangu se reencontraram e foram homenageados. Em pé estão Ubirajara, Luis Alberto, Fidélis e Jaime; agachados vemos Paulo Borges, Cabralzinho, Ênio (reserva de Ladeira), Ocimar e Aladim


Imagem da decisão do Campeonato Carioca de 1967. O Botafogo de Gérson venceu o Bangu de Ubirajara por 2 a 1, confronto apitado por Antônio Viug (ao centro)


Time do Botafogo em 1970 que atuou no "Robertão". Em pé, da esquerda para a direita: Moreira, Ubirajara, Nei Conceição, Moisés, Leônidas e Valtencir. Agachados: Zequinha, Careca, Roberto, Jairzinho e Paulo César Caju. Fonte: revista "O Cruzeiro"


Em pé: Fidélis, Ubirajara, Mário Tito, Luiz Alberto, Nilton dos Santos e Ocimar. Agachados: Paulo Borges, Bianchini, Parada, Roberto Pinto e Vermelho


 


 


Dois momentos de Ubirajara Motta


Em 2018, ao lado de um amigo banguense. Foto: Museu da Pelada


Botafogo em 1968. Em pé: Moreira, Ubirajara Motta, Zé Carlos, Sebastião Leônidas, Valtencir e Carlos Roberto. Agachados: Zequinha, Afonsinho, Roberto Miranda, Ferreti e Torino


Botafogo em 1971. Em pé: Carlos Alberto Torres, Ubirajara Motta, Brito, Nei Conceição, Leônidas e Paulo Henrique. Agachados: Zequinha, Carlos Roberto, Nílson Dias, Jairzinho e Paulo Cézar Caju.


Botafogo 1971: Em pé: Paulo Cesar, Ubirajara Motta, Brito, Nei Conceição, Osmar Guarnelli e Valtencir. Agachados: Zequinha, Carlos Roberto, Roberto Miranda, Jairzinho e Galdino.


Time do Bangu de 1966. Da esquerda para a direita, em pé: Mário Tito, Ubirajara, Luís Alberto, Ari Clemente, Fidélis, e Jaime. Agachados: Paulo, Borges, Parada, Bianchini, Ocimar e Aladim. Foto: reprodução.


Ubirajara na década de 1960. Foto: reprodução


Ubirajara na Seleção Brasileira em 1966. Foto: reprodução


Ubirajara em 2012. Foto: reprodução

 

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa