Arthur Cabral, atacante que o Palmeiras contratou do Ceará. Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação/Via UOL

Arthur Cabral, atacante que o Palmeiras contratou do Ceará. Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação/Via UOL

Com apenas mais um jogador para inscrever na lista principal do Campeonato Paulista, o Palmeiras viu o dilema em torno dessa última vaga aumentar consideravelmente nos últimos dias. Com a provável suspensão de Deyverson devido a uma cusparada no clássico com o Corinthians, uma possível convocação de Borja em março e a preferência declarada de Ricardo Goulart de jogar como meia, Felipão pode ficar sem nenhum centroavante no estadual.

Deyverson será julgado na próxima segunda-feira (11) pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP). A pena mínima que ele pode pegar é de seis partidas, o que faria com que ele só voltasse na última rodada da primeira fase do Paulista, em 20 de março, contra a Ponte Preta. O Palmeiras se preocupa com o possível gancho ao jogador, tanto que nem deve pedir o adiamento do julgamento, mesmo enfrentando o Bragantino na noite do mesmo dia.

Com a suspensão do camisa 16, Borja se tornaria o único camisa 9 disponível para Felipão entre os inscritos. Vale lembrar que a estreia na Libertadores é em 6 de março, contra o Junior de Barranquilla, na Colômbia, e o técnico deve manter o rodízio de titulares entre as duas competições. Além disso, o colombiano pode ser convocado para o amistoso de sua seleção em 22 de março, contra o Japão, em Yokohama, aumentando os problemas do treinador.

Sendo assim, é provável que a última vaga seja ocupada por um jogador que possa atuar como centroavante. Em sua coletiva de apresentação na última quarta (6), Ricardo Goulart deixou clara sua preferência por jogar como um meia-atacante, por trás do camisa 9. O reforço disse que pode fazer a função mais adiantada sem problemas se Felipão quiser, mas que não é sua melhor posição.

Com a recuperação de Goulart de uma artroscopia no joelho acima das expectativas, o Palmeiras vinha cogitando a possibilidade de inscrevê-lo no Paulista para que ele ganhe alguns minutos antes de ser usado na Libertadores. Entretanto, com a situação de Deyverson indefinida, ganha força a chance de inscrever o também recém-contratado Arthur Cabral, um camisa 9 típico, que tem se recuperado de um problema no púbis desde que chegou do Ceará.

Segundo o regulamento do Paulistão, o Palmeiras tem até 1º de março para definir o 26º jogador inscrito na primeira fase. Depois, caso garanta a classificação para as quartas de final, tem até 22 de março para efetuar até quatro trocas na lista. Além de Goulart e Arthur, os jogadores do elenco principal que não foram inscritos até agora no estadual são o zagueiro Juninho, o lateral Fabiano, o volante Matheus Fernandes, os meias Guerra e Hyoran e o atacante Willian, que está lesionado e só volta no segundo semestre.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa