Em 178 jogos no novo estádio, o Verdão nunca sofreu derrota por mais de dois gols de diferença. Foto: Cesar Greco

Em 178 jogos no novo estádio, o Verdão nunca sofreu derrota por mais de dois gols de diferença. Foto: Cesar Greco

Se depender do retrospecto histórico, o Palmeiras está com a vaga na grande final da Libertadores muito encaminhada. Depois de vencer o River Plate por 3 a 0 na partida de ida das semifinais do torneio continental, o Verdão pode perder por até 2 a 0 que ainda assim conseguirá a classificação. A missão dos argentinos é complicada e aconteceu poucas vezes na história. Isso porque jogando no Allianz Parque o Verdão nunca sofreu uma derrota pela diferença de gols que classificaria os argentinos.

A missão dos argentinos é dramática. O River Plate precisa de uma vitória por quatro gols para avançar e eliminar o Palmeiras. O time comandado por Marcelo Gallardo também pode avançar com um triunfo por três gols de diferença, desde que marque quatro vezes, assim garantiria classificação pelo critério do gol fora de casa.

Desde que o Allianz Parque foi inaugurado, em 2014, porém, o Verdão nunca perdeu por três ou mais gols de diferença. Em 178 jogos disputados em seu novo estádio, o Alviverde perdeu apenas 26 vezes e nenhuma delas aconteceu por três ou mais gols de diferença.

Se ampliar o período histórico, o retrospecto do Verdão continua muito bom. Jogando como mandante, o Palmeiras perdeu por três gols de diferença apenas duas vezes na história da Libertadores. As duas derrotas ocorrem há muito tempo. Em 1971, o Alviverde perdeu por 3 a 0 para o Nacional, do Uruguai. O jogo foi disputado no estádio do Pacaembu e foi válido pela segunda fase da competição.

Em 1979, o Guarani goleou o Verdão por 4 a 1, também na fase de grupos da Libertadores. O jogo ocorreu no estádio do Morumbi e na oportunidade o time de Campinas era o atual campeão brasileiro.

Com o bom retrospecto como mandante na competição, o Palmeiras tenta assegurar a vaga na grande final da Libertadores nesta terça-feira (12), às 21h30, no Allianz Parque. O time de Abel Ferreira poderá perder até de 2 a 0 para o River Plate que ainda assim irá carimbar a vaga para a grande decisão. Caso os argentinos devolvam o placar de 3 a 0, a vaga será na decidida nos pênaltis. Vitória argentina por 3 gols de diferença, porém marcando quatro gols (por exemplo: 4 a 1, 5 a 2) também dá a classificação ao time de Marcelo Gallardo.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa