Alemão, então na Red Bull, fez a pole do GP do Brasil sob chuva em Interlagos. Foto: Divulgação

Alemão, então na Red Bull, fez a pole do GP do Brasil sob chuva em Interlagos. Foto: Divulgação

Há exatos oito anos, no dia 24 de novembro de 2013, em Interlagos, o alemão Sebastian Vettel escrevia mais uma página para entrar na história de recordes da Fórmula 1, ao vencer o GP do Brasil, nono triunfo de forma consecutiva (mesma marca de Alberto Ascari) e 13 vitórias em uma única temporada, igualando o recorde de Michael Schumacher.

Mesmo perdendo a primeira posição na largada para Nico Rosberg, Vettel, que atualmente é piloto da Aston Martin na F1, assumiu a liderança ao término da primeira volta, ultrapassando a Mercedes do alemão no final da Reta dos Boxes, mantendo a liderança até o final da prova.

A chuva até ameaçou apertar no final da corrida, mas apenas uma garoa leve se fez presente no autódromo paulistano, não obrigando ninguém a colocar pneus intermediários.

Mark Webber se despediu da F1 com um pódio, cruzando a linha de chegada em segundo lugar, e protagonizou um momento muito bonito, retirando o capacete e a balaclava ainda na pista, retornando aos boxes acenando para o público. Webber foi seguido pela Ferrari de Fernando Alonso, que travou uma boa disputa com o australiano no começo da prova.

A McLaren fez sua melhor corrida na temporada, com seus dois carros no top-6: Jenson Button recebeu a bandeira quadriculada na quarta colocação e Sergio Pérez em sexto. Entre eles, a Mercedes de Nico Rosberg, em quinto.

Sebastian Vettel fechou a temporada com 397 pontos 155 a mais que Fernando Alonso, o vice.

Entre os construtores, a campeã Red Bull somou 596 pontos, 236 a mais que a Mercedes, a vice. A Ferrari não conseguiu superar a equipe defendida por Hamilton e Rosberg e terminou em terceiro, com seis pontos de desvantagem.

Vettel comemora sua vitória no GP do Brasil de 2013. Foto: Divulgação

MASSA, ÚLTIMO GP PELA FERRARI

Felipe Massa, que fez uma ótima largada, saltando da nona para a quinta colocação, acabou punido por passar pela linha branca com as quatro rodas na área de entrada dos boxes e encerrou sua jornada na Ferrari em sétimo.

A prova foi a última de Felipe Massa pela equipe de Maranello, onde conquistou suas 11 vitórias. No ano seguinte ele se transferiu para a Williams, onde competiu até 2017. Ficou sem competir em até meados de 2018 quando assumiu um dos carros da Venturi na Fórmula E, categoria pela qual disputou as temporadas de 2018-2019 e 2019-2020. 

Anunciou sua saída da categoria dos monopostos elétricos no final de 2020 e atualmente está na Stock Car.

Felipe Massa disputou sua última temporada pela Ferrari em 2013, fazendo sua derradeira corrida pela equipe de Maranello em Interlagos. Foto: Divulgação

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GP DO BRASIL DE 2013

1º Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault)
2º Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault)
3º Fernando Alonso (ESP/Ferrari)
4º Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes)
5º Nico Rosberg (ALE/Mercedes)
6º Sergio Pérez (MEX/McLaren-Mercedes)
7º Felipe Massa (BRA/Ferrari)
8º Nico Hulkenberg (ALE/Sauber-Ferrari)
9º Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
10º Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso-Ferrari)
11º Paul Di Resta (ESC/Force India-Mercedes)
12º Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber-Ferrari)
13º Adrian Sutil (ALE/ Force India-Mercedes)
14º Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Renault)
15º Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso-Ferrari)
16º Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault)
17º Jules Bianchi (FRA/Marussia-Cosworth)
18º Giedo van der Garde (HOL/Caterham-Renault)
19º Max Chilton (ING/Marussia-Cosworth)

Não completaram a prova:
Charles Pic (FRA/Caterham-Renault)
Valtteri Bottas (FIN/Williams-Renault)
Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault)
Volta mais rápida: Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) em 1min15s436 (volta 51).

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CAMPEONATO DE F1 EM 2013

1º Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) - 397 (treze vitórias)
2º Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 242 (duas vitórias)
3º Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) - 199
3º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 189 (uma vitória)
5º Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) - 183 (uma vitória)
6º Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 171 (duas vitórias)
7º Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) - 132
8º Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 112
9º Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) - 73
10º Nico Hulkenberg (ALE/Sauber-Ferrari) - 51
11º Sergio Pérez (MEX/McLaren-Mercedes) - 49
12º Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) - 48
13º Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) - 29
14º Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso-Ferrari) - 20
15º Jean Éric-Vergne (FRA/Toro Rosso-Ferrari) - 13
16º Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber-Ferrari) - 6
17º Valteri Bottas (FIN/Williams-Renault) - 4
18º Pastor Maldonado (VEN/Williams/Renault) - 1
19º Jules Biachi (FRA/Marussia-Cosworth) - 0
20º Charles Pic (FRA/Caterham-Renault) - 0
21º Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Renault) - 0
22º Giedo van der Garde (HOL/Caterham-Renault) - 0
23º Max Chilton (ING/Marussia-Cosworth) - 0

CONSTRUTORES

1º Red Bull-Renault - 596 (treze vitórias)
2º Mercedes - 360 (três vitórias)
3º Ferrari - 354 pontos (duas vitórias)
4º Lotus-Renault - 314 (uma vitória)
5º McLaren-Mercedes - 122
6º Force India-Mercedes - 77
7º Sauber-Ferrari - 57
8º Toro Rosso-Ferrari -33
9º Williams--Renault - 5
10º Marussia -Cosworth - 0
11º Caterham-Renault - 0 


  


CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO
 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa