Etapa de Melbourne não foi realizada em 2020 por conta do início da pandemia. Foto: Scuderia Ferrari

Etapa de Melbourne não foi realizada em 2020 por conta do início da pandemia. Foto: Scuderia Ferrari

Há exatamente um ano, por conta do início da pandemia do novo coronavírus, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) cancelava o GP da Austrália de Fórmula 1, em Melbourne, etapa que abriria o Mundial de 2020.

Era sexta-feira, e a primeira sessão livre estava prestes a começar. A decisão tomou corpo assim que a Mercedes informou que não participaria da etapa, seguindo a decisão da McLaren, que havia sido notificada que um dos seus funcionários (em Melbourne), havia testado positivo para covid-19.

BOATO DURANTE O DIA ANTERIOR

Na quinta-feira (10 de março), uma série de boatos sobre a realização ou não do GP da Austrália circulava no paddock. Uma possibilidade inicial seria a de manter a etapa mas sem público. A BBC Sport divulgou uma nota dando conta de que dois pilotos deixaram a Austrália duas horas antes da decisão tomada pela FIA: Sebastian Vettel (Ferrari) e Kimi Raikkonen (Alfa Romeo), o que acabou se confirmando.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa