Vettel iniciou os trabalhos em Barcelona na frente em 2019. Foto: Scuderia Ferrari

Vettel iniciou os trabalhos em Barcelona na frente em 2019. Foto: Scuderia Ferrari

Há exatamente dois anos, em 18 de fevereiro de 2019, as equipes iniciavam os trabalhos da pré-temporada Fórmula 1 em Barcelona, no circuito de Montmeló, mesmo local em que nesta quarta-feira (19) os times se reúnem para o primeiro dia dos treinos visando o ano de 2020.

Na ocasião, com Sebastian Vettel andando nos dois períodos, a Ferrari ocupou o topo da tabela.

O tetracampeão que em 2021 estará no cockpit da Aston Martin, cumpriu 169 voltas pelo traçado catalão de 4.655 metros e fez, na melhor delas, 1min18s161 (no período da manhã). Carlos Sainz Jr, com a McLaren, foi quem chegou mais perto do alemão, com 1min18s558.

Romain Grosjean, com a Haas-Ferrari, ficou em terceiro. O francês enfrentou uma pane pela manhã, na bomba de óleo, e o time demorou para devolvê-lo à pista, o que foi feito apenas na hora final do trabalho vespertino. Ele fez seu giro mais rápido em 1min19s159. A Haas acabou sendo a equipe com menos voltas completadas no dia, 65.

Max Verstappen, com a Red Bull-Honda, ficou em quarto Depois da quinta posição no período matutino, o holandês assinalou 1min19s426 à tarde, dando pistas de que a nova parceria do time austríaco com a Honda deve mantê-la entre as primeiras colocadas em 2019. Tão bom quanto o desempenho consistente do novo RB15 foi o fato de que o motor passou incólume, sem apresentar nenhuma pane, algo habitual em outras ocasiões, seja pela McLaren (entre 2015 e 2017) ou pela Toro Rosso no ano passado. Verstappen, único que andou com a Red Bull nesta segunda-feira foi o segundo que mais voltas completou, 128.

Kimi Raikkönen, ex-piloto da Ferrari, que agora compete pela Alfa Romeo, terminou o dia na quinta colocação, cravando 1min19s462. Aliás, interessante observar que os três primeiros colocados tem carros equipados com motor Ferrari.

A Toro Rosso, a outra equipe que compete com motores Honda, a exemplo da Red Bull, fechou o top-6, tendo sempre andado com o russo Daniil Kvyat nos dois periodos. Ele completou 77 voltas, fazendo 1min19s6464 na melhor delas. Depois dele, em sétimo, apareceu o mexicano Sergio Pérez, com a Racing Point (ex-Force India). 

E A CAMPEÃ?

A Mercedes repetiu sua rotina de primeiros trabalhos de pré-temporada, optando por testar com compostos mais duros e ganhar quilometragem. Assim, nem Bottas, que treinou pela manhã, nem Hamilton, que guiou o W10 pela tarde, figuraram entre os mais rápidos. Bottas fez o oitavo tempo e Hamilton o nono.

MAS A MERCEDES...

Apesar de não ter forçado no começo da pré-temporada de 2019, a Mercedes reinou absoluta e fechou o ano de 2019 com seu sexto título consecutivo de pilotos (com Hamilton) e entre os construtores, feito que repetiu em 2020, com mais um título de Hamilton e outra taça entre os Construtores.

RENAULT NA "LANTERNA"

A Renault estreou o R.S.19 com seus dois pilotos. Nico Hulkenberg andou pela manhã e Daniel Ricciardo estreou pelo time amarelo e preto à tarde. O alemão ficou em décimo e o australiano em 11º, separados por apenas 0s003.

AUSÊNCIA

Das dez equipes inscritas no Mundial, apenas a Williams, última colocada entre os construtores em 2018, não levou seu carro à pista no primeiro dia de trabalhos. O time de Grove atrasou na conclusão do FW42.

PRÉ-TEMPORADA DE 2021

Os carros estarão na pista de Sakhir (Bahrein) entre os dias 12 e 14 de março para três dias de pré-temporada, visando o início do campeonato, marcado para o dia 28 de março no mesmo local, o GP do Bahrein.

Entre as novidades do ano, Sebastian Vettel na Aston Martin, o retorno de Fernando Alonso após dois anos ausente, pela Alpine, Carlos Sainz Jr. na Ferrari e Sergio Pérez na Red Bull.

 1º DIA DE TREINOS DA PRÉ-TEMPORADA DA F1 (COMBINADO, MANHÃ E TARDE) - 18/02/2019

Agora pela Alfa Romeo, o finlandês Kimi Raikkönen ficou em quinto lugar. Foto: Alfa Romeo Racing

 

A Red Bull, agora impulsionada pela Honda, teve um bom dia de trabalho em Montmeló. Verstappen terminou em quarto. Foto: Red Bull Racing

 

Coube ao mexicano Sergio Pérz a tarefa de levar a Racing Point (ex-Force India) à pista nesta segunda-feira. Foto: Reprodução/SportPesa Racing Point F1 Team

 

A McLaren-Renault de Carlos Sainz. O espanhol estreou em "casa" com a MCL34 e foi o segundo colocado. Foto: McLarenF1

 

A Mercedes testou com Bottas pela manhã (foto) e à tarde com Hamilton, optando pelos compostos mais duros da Pirelli nos dois períodos. Foto: Mercedes-AMG F1

A Toro Rosso andou em bom ritmo e Kvyat foi o sexto colocado, com o tempo obtido à tarde. Foto: Toro Rosso

 

A Haas fez a apresentação oficial do modelo VF-19 poucos minutos antes do início do treino matutino. Seus dois pilotos, Romain Grosjean e Kevin Magnussen posaram ao lado do carro preto e dourado. Grosjean foi o único a testar e ficou em terceiro. Foto: Haas F1 Team

 

A SF90 de Vettel. Novo carro da Ferrari foi o que mais voltas completou neste primeiro dia de testes em Barcelona. Foto: Scuderia Ferrari

 

A Renault testou com Hulkenberg (foto) pela manhã e com Ricciardo à tarde. Foto: Renault F1 Team

 



   

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa