O golaço que fez contra o Strasbourg mostra que ele está no caminho correto. Foto: Instagram/PSG

O golaço que fez contra o Strasbourg mostra que ele está no caminho correto. Foto: Instagram/PSG

Já faz muito tempo que é moda criticar Neymar. Ele é criticado desde quando jogava no Santos. Em sua estreia no Barça, contra o Levante, o nome do adversário do time catalão foi motivo de piada para dizer que Neymar jogaria contra um time que dava bem a ideia da maneira do atacante atuar: sempre caindo e rolando no gramado. Sábado, contra o Strasbourg, fez um golaço, de bicicleta, no final da partida, salvando o PSG de um empate, em pleno Parc des Princes.

Salvou PSG depois de ser vaiado, xingado, ridicularizado durante todo o jogo pelos Ultras, os torcedores raivosos e extremamente perigosos, destes que também temos aos milhões por aqui. Os últimos meses não têm sido nada fáceis para Neymar. Não que ele não tenha culpa e tenha contribuído para que seus problemas dentro e fora dos gramados acontessem. Ele, pessimamente assessorado pelo pai e seu estafe, deu muitos motivos. Agrediu torcedor que o xingava, teve um relacionamento tão curto quanto belicoso com a modelo brasileira Najila, que o acusa de estupro, e se envolveu em inúmeras confusões dentro de campo. Para piorar a sua situação, e colaborar para que seu nome saísse do radar de quem elege os melhores jogadores da Europa, enfrentou lesões graves, que fizeram com que ficasse fora dos campo durante longo período.

Mas foi forte o suficiente para entrar em campo e, mesmo não tendo uma maravilhosa atuação, deixar sua marca nos acrécimos do jogo, com um gol que Pelé assinaria.

Nas entrevistas, abriu o coração.

Disse que não queria mesmo ficar no PSG, mas que agora está disposto a cumprir o seu bilionário contrato e que encara com tranquilidade o fato de parte dos torcedores o vaiarem.

Falou, não se omitiu.

Mas mesmo assim foi criticado.

Não acho que Neymar foi arrogante na entrevista. E, como jornalista, acho muito bom quando o jogador fala o que pensa. E não se esconde atrás do discurso que lhe é passado por sua assessoria de imprensa.

O que é costume nos tempos de hoje.

Quando Neymar não fala e se comunica por meio de suas redes sociais é bombardeado. Quando diz o que pensa, é criticado também.

Afinal, o que querem de Neymar?

O golaço que fez contra o Strasbourg mostra que ele está no caminho correto. Só jogando o que sabe, e ele sabe muito, vai poder conseguir a sua redenção. É assim que deve ser.

 

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    58
  • 2 Pal
    50
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    43
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa