Telê faria 86 anos nesta quarta-feira (26)

Telê faria 86 anos nesta quarta-feira (26)

CLIQUE AQUI E RELEMBRE A TRAJETÓRIA DE TELÊ SANTANA NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

Nesta quarta-feira (26), Telê Santana, um dos nomes mais marcantes do futebol brasileiro, completaria 86 anos. E, para celebrar a data, o Portal Terceiro Tempo relembra a divertida história envolvendo o ex-treinador e o jornalista Milton Neves, publicada originalmente pela “Placar” em agosto de 2012.

A faca de Telê no pescoço

Em 1992, na sala da assessoria de imprensa do Detran, recebi ligação do saudoso empresário Julinho Bordon, então meu patrocinador pelo Grupo Bordon das transmissões de futsal da TV Jovem Pan e da F-1 pela rádio Jovem Pan. Ele me convidava para seu jantar de aniversário no restaurante Esplanada Grill, nos Jardins, do qual era um dos sócios. Saí do Ibirapuera, apanhei o locutor e amigão Antonio Freitas na Paulista e fomos lá para o evento na rua Haddock Lobo. Restaurante lotado, a festa comia solta e nós dois fomos acomodados na mesa principal ao lado do aniversariante, de Osmar Santos, Fernando Casal de Rey, o então presidente do São Paulo, José Eduardo Mesquita Pimenta, o diretor Kalef João Francisco Neto, Carlos Alberto Torres e Telê Santana. Telê estava de olhos vermelhos depois de umas caipirinhas, soube mais tarde. Mal me sentei à mesa, bem defronte ao Telê, e imediatamente o saudoso treinador se levantou, dobrou o corpo, debruçou na mesa e com uma faca na mão direita perto de meu rosto passou a gritar: "
Fala agora que eu coloco o Elivélton na reserva só porque ele é titular na seleção e que estou provocando o Parreira por ciúmes! Falar lá na rádio é fácil, quero ver é falar aqui". E "zunia" e "chuchava" no ar a faca texana de ponta reta e não pontuda entre meu peito e rosto. E eu me afastando. Foram os 10 ou 15 segundos mais longos de minha vida, mas deu tempo para o ágil e assustado Casal de Rey puxar Telê pela cintura e "me salvar". Deixei a mesa com Antonio Freitas e fomos para o reservado, nos fundos do restaurante. Foi quando chegou o agitado Julinho Bordon: "Pô, Milton, você quer acabar com minha festa?" "Eu não, o Telê sim é que quis acabar com minha vida."

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    61
  • 2 Pal
    53
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    44
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa