Hernandes, meia do São Paulo. Foto: Rubens Chiri/SPFC

Hernandes, meia do São Paulo. Foto: Rubens Chiri/SPFC

O UOL Esporte publicou nesta sexta-feira (8) uma entrevista, assinada pelo jornalista José Eduardo Martins, com o meia Hernanes, do São Paulo. Nela, o são-paulino falou sobre muitos assuntos, entre eles, como estão sendo os treinamentos durante a pausa do futebol por causa da quarentena.

"É estranho, porque não estamos parados como férias e não sabemos quando vamos voltar. Aqui na minha casa tenho uma estrutura muito boa e, por isso, tenho conseguido treinar bastante para voltar bem, mas não é a mesma coisa”, revelou o meia.

Hernanes comentou também sobre as mudanças que aconteceram no futebol sul-americano durante a sua carreira.

"O futebol está mudando na América do Sul. Era ainda mais individual na minha primeira passagem pelo São Paulo, e já tinha percebido diferenças em 2017. Agora, mais ainda. O brasileiro, o sul-americano, em geral, é mais intuitivo, aposta mais no jogo individual. O futebol sul-americano é mais individual. Na Itália, o jogo é mais coletivo", disse Hernanes.

O futebol chinês também foi assunto.

"Na China, eu me lembro de uma vez, em uma partida, ter visto um bandeirão do Beijing que dizia que o time tinha sido fundado em 1980, sendo que esse é o clube mais velho da China. Ou seja, são cem anos de diferença. Também acho que tem a questão cultural que influencia no estilo de jogo. Por isso, talvez, o futebol lá nunca seja igual ao europeu ou ao sul-americano, porque tem muito da cultura de cada lugar no estilo de jogo", encerrou o meia são-paulino.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa