O cantor faleceu na madrugada desse domingo (15), aos 67 anos. Foto: Reprodução Twitter

O cantor faleceu na madrugada desse domingo (15), aos 67 anos. Foto: Reprodução Twitter

Roberto Leal era um dos torcedores ilustres da Portuguesa, com atuações importantes no seu clube de coração. O cantor participou junto com Márcia Lúcia da composição do atual hino da Portuguesa, chamado “Os Campeões”.  Esse substituiu o antigo, “Hino Rubro-Verde", criado por Archimedes Messina e Carlos Leite Guerra.

Torcedor fanático da Portuguesa esteve nas manifestações de 2013, contra o rebaixamento da Lusa. Na ocasião, após a escalação irregular do meia Heverton a equipe foi punida com a perda de 4 pontos; resultando no rebaixamento para a Série B.

Roberto Leal estava em um sério tratamento contra um câncer de pele, que teve metástase afetando olhos e coluna. O cantor tinha apresentado melhora e, inclusive, mantinha uma agenda de shows e de entrevistas. No último dia 6 de setembro, participou do “Aqui na Band”, apresentado por Silvia Poppovic e Ernesto Lacombe.

O português estava internado desde segunda-feira (9), após ir ao médico para um tratamento de rotina e a equipe ter identificado uma piora em seu estado de saúde. A morte foi confirmada pelo Hospital Samaritano, em São Paulo, na madrugada desse domingo.

O velório será aberto ao público das 7h – 14h, na Casa Portugal, em São Paulo, amanhã (16). Roberto Leal será enterrado no Cemitério de Congonhas, às 15h.

A Portuguesa homenageou o cantor, em suas redes sociais:

 (Foto: Reprodução Twitter)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    58
  • 2 Pal
    50
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    43
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa